Namorado de Bobbi Kristina deve ser acusado de homicídio culposo, diz site

Getty ImagesNick Gordon deve ser acusado por ter fornecido drogas para Bobbi Kristina Os promotores que investigam a morte de Bobbi Kristina, filha de Whitney Houston, devem acusar o namorado dela, Nick Gordon, por homicídio culposo (sem intenção de matar). Bobbi morreu no último domingo (26), aos 22 anos, após quase seis meses em coma depois de ter sido encontrada inconsciente na banheira de sua casa na Geórgia, nos Estados Unidos

por
  • Getty Images

    Namorado de Bobbi Kristina deve ser acusado de homicídio culposo, diz site

    Nick Gordon deve ser acusado por ter fornecido drogas para Bobbi Kristina

Os promotores que investigam a morte de Bobbi Kristina, filha de Whitney Houston, devem acusar o namorado dela, Nick Gordon, por homicídio culposo (sem intenção de matar). Bobbi morreu no último domingo (26), aos 22 anos, após quase seis meses em coma depois de ter sido encontrada inconsciente na banheira de sua casa na Geórgia, nos Estados Unidos

De acordo com o site TMZ, as autoridades acreditam que Gordon é culpado por conseguir as drogas que a jovem usou antes de se afogar na banheira – mesmo sabendo que ela lutava contra o vício e poderia ficar inconsciente. O rapaz já admitiu que tanto ele quanto a namorada consumiram drogas na manhã do acidente.

Quem pode ajudar os promotores a esclarecerem o que aconteceu naquele dia é Max Lomas, amigo do casal e única pessoa que os visitou naquele dia. As autoridades pretendem oferecer um acordo ao jovem, que está envolvido em outro caso relacionado a drogas. Ele pode receber condicional nesse segundo caso e imunidade no ligado a Bobbi Kristina se contar tudo o que aconteceu na casa dela quando esteve lá.

Autópsia inconclusiva

O resultado parcial da autópsia de Bobbi Kristina não descobriu o motivo de sua morte. "A autópsia não revelou uma causa óbvia de morte, não mostrando ferimentos significativos. Também não foram encontradas condições médicas desconhecidas que poderiam ter contribuído para o óbito", revelou o comunicado oficial, divulgado pelo Fulton County Medical Examiner, na segunda-feira.

De acordo com o documento, testes de laboratório adicionais ainda serão realizados e todo o processo levará algumas semanas para ser concluído: "Foram emitidas intimações para obtermos os documentos necessários. Não planejamos completar o atestado de óbito ou determinar a causa da morte até que todos os resultados dos testes sejam concluídos , assim como todos os registros documentais de investigação, médicos e outros sejam recebidos e profundamente revisados".

Você também vai curtir