Há 20 anos os Foo Fighters lançavam seu primeiro disco. Relembre os hits do álbum

por

Foo Fighters
Foo Fighters

Há exatos 20 anos o álbum de estreia dos Foo Fighters era lançado. O disco acabou servindo de alento para os fãs do Nirvana que se viram órfãos de um de seus grupos favoritos depois do suicídio de Kurt Cobain em abril de 1994.

Dave Grohl – que tocava bateria no grupo – há tempos já vinha compondo, mas sabia que suas músicas raramente teriam chance de entrar com algum destaque no repertório da banda.

Basta lembrar que “Marigold“, escrita por ele, foi parar quanto muito no lado B de um compacto.

Dessa forma, é bem capaz que, caso a tragédia não tivesse acontecido, os Foo Fighters tivessem se tornado um projeto paralelo, daqueles que lançam discos por selos pequenos e tocam em clubes.

Foo Fighters

Como sabemos, não foi isso o que aconteceu e subitamente, Grohl se viu não só como figura de frente, como líder de uma banda que atraía muita atenção. Quer dizer, a banda mesmo veio depois, já que “Foo Fighters” foi praticamente gravado sozinho por Grohl durante uma semana de outubro de 1994.

Dave chamou posteriormente os músicos para acompanhá-lo ao vivo e só aí os Foo Fighters viraram de fato uma banda.

O primeiro disco do FF fez sucesso tanto de público quanto de crítica, mas em dose relativamente moderada.

Ele chegou no terceiro lugar na Grã Bretanha, mas não passou do 23° posto nos EUA – ainda que eventualmente ele tenha vendido 1 milhão de cópias por lá e ganhado disco de platina. Independentemente disso, ele segue como um disco muito querido pelos fãs e respeitado pelos críticos.

Relembre agora três grandes momentos do álbum:

This Is A Call
A faixa de abertura do álbum, também foi o primeiro single do grupo. Ela mostrava que o FF iria seguir a fórmula de equilibrar calmaria e peso que fez a fama do Nirvana com uma diferença crucial. Ficava claro que Grohl podia até compor com certa raiva, mas a angústia depressiva de Cobain não era algo que estivesse em sua personalidade – e essa seria a maior diferença entre as duas bandas. O talento de Dave para criar boas melodias também estava bem claro desde o começo.

Curiosamente a música não ganhou um clipe, apesar de ter tocado bem nas rádios e seguir como um dos momentos chave dos shows do grupo (ela é a quarta música mais tocada por eles ao vivo).


I’ll Stick Around
O segundo single da banda, deu origem ao primeiro clipe deles. Um vídeo simples, com os integrantes prestando tributo à banda new wave Devo. A música é uma das mais diretas já compostas por Grohl que nega tê-la escrito para Courtney Love, a viúva de Cobain. Ainda assim, é difícil imaginar outra “musa inspiradora” para versos como “eu era o único que enxergava sua loucura ensaiada”.


Big Me
Essa balada simples e adorável, foi o maior sucesso do disco nos Estados Unidos, chegando ao 23° lugar da Billboard. Mais importante, ela rendeu um ótimo clipe que revelou o talento para o humor de Grohl e do resto da banda, algo que eles explorariam em diversas outras ocasiões no futuro

Curta o som dos Foo Fighters aqui no Popzone!

Você também vai curtir