Gyllenhaal fala que a morte de Ledger o fez ver como “a vida é preciosa”

ReproduçãoCena do filme "O Segredo de Brokeback Mountain", com Heath Ledger e Jake Gyllenhaal

por

Gyllenhaal fala que a morte de Ledger o fez ver como "a vida é preciosa"

Cena do filme “O Segredo de Brokeback Mountain”, com Heath Ledger e Jake Gyllenhaal

O ator Jake Gyllenhaal concedeu uma entrevista para a rádio NPR para falar sobre seu novo filme “Nocaute”. Porém o bate-papo rapidamente se encaminhou para a morte do ator Heath Ledger, com o qual Gyllenhaal fez par romântico em “O Segredo de Brokeback Mountain” (2006). A notícia foi publicada no site da revista “Variety”.

Durante a entrevista, Gyllenhaal assistiu a um trecho do filme e disse que a cena lhe despertou algumas memórias daquela época. “Me lembrou sobre aquela cena com Heath e a honra que foi trabalhar com ele, além da beleza de sua atuação. Eu sinto falta dele como ser humano e também de trabalhar com ele”, disse Gyllenhaal. “A pior coisa é que nós não poderemos mais ver a beleza de suas expressões”, concluiu.
Ao invés de falar sobre seu novo filme, Gyllenhaal preferiu continuar falando sobre Heath. “Eu estou tentando deixar meus relacionamentos no set de filmagem o mais real possível e tento ficar o mais próximo possível das pessoas, porque eu sei que é precioso”, disse. “E eu sei que não somente a nossa carreira pode acabar muito cedo, como também sei que a vida é preciosa”.
Gyllenhaal também relembrou as reações das pessoas por ver dois atores héteros interpretando personagens homossexuais. “Foi fascinante, particularmente porque eu não imaginava o sucesso que o filme seria e o que ele se tornaria. Foi uma coisa realmente assustadora para mim e Heath. Foi desconfortável para nós dois em algumas cenas, mas nós dois acreditávamos profudamente no que o filme estava dizendo”.

Você também vai curtir