Em vídeo, Gil e Veloso criticam projeto de redução da maioridade penal

Gilberto Gil e Caetano Veloso publicaram um vídeo na tarde desta quinta-feira (2), onde demonstraram a insatisfação com a a aprovação em primeiro turno da emenda constituição que reduziria a maioridade penal dos 18 para os 16 anos, em casos hediondos. Para Gil e Velos, houve, sim, uma manobra política.

por

Gilberto Gil e Caetano Veloso publicaram um vídeo na tarde desta quinta-feira (2), onde demonstraram a insatisfação com a a aprovação em primeiro turno da emenda constituição que reduziria a maioridade penal dos 18 para os 16 anos, em casos hediondos. Para Gil e Velos, houve, sim, uma manobra política.

“Hoje quando acordei, embora não tivesse passado, houve uma manobra durante a madrugada na Câmara, passou a redução da maioridade penal. Eu sou contra”, afirmou Veloso. “Eu também. Não vejo vantagem nenhuma. Pelo contrário, uma série de complicações novas que vão surgir com essa coisa da redução da maioridade penal. Não é um bom projeto. E, além do mais, houve uma manobra política. Nós somos contra”, completou Gil.

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (2), em primeiro turno, a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes hediondos, para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. O texto “mais brando” votado nesta sessão foi considerado uma “pedalada regimental” do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para reverter a rejeição da proposta no dia anterior.

Na nova sessão, 323 deputados foram a favor, 155 deputados votaram contra a redução e houve ainda 2 abstenções. O texto ainda precisa passar pelo segundo turno de votação na Casa antes de ir para o Senado.

Você também vai curtir