Demi Moore pode enfrentar ação judicial após morte de jovem em piscina

Demi Moore pode ser responsabilizada judicialmente pela morte do rapaz Edenilson Steven Valle, de 21 anos, encontrado na piscina de sua casa em Los Angeles, na manhã deste domingo (19). Em entrevista ao canal Fox, a advogado Julian Chan explicou que os empregadores são responsáveis ​​pelos atos dos seus trabalhadores caso eles estejam ou não no local.

"Com uma festa em torno de uma piscina, onde as pessoas podem ficar embriagadas, um anfitrião tem a responsabilidade de garantir a sua segurança ", disse Chan.

O advogado Leo Terrell disse que Demi Moore poderá enfrentar um processo de supervisão negligente.

"Como proprietária, ela vai ser acusada de não fornecer supervisão adequada na piscina", disse Terrell, que ainda completou:

"A ação vai atacar o descaso de Demi para garantir a segurança dos hóspedes do perigo da piscina."

Testemunhas disseram que Edensilson foi visto cerca de 10 ou 15 minutos antes de ser encontrado morto na piscina, segundo o agente Fred Corral, da polícia de Los Angeles.

A família do rapaz e alguns amigos disseram aos investigadores que ele não sabia nadar. Segundo o site TMZ, fontes da polícia disseram que a festa foi dada pelo zelador da casa, que convidou a vítima. Segundo informações colhidas pelos oficiais, os convidados teriam deixado o rapaz sozinho na área da piscina e, ao retornarem, já o encontraram morto na água.

Policiais e paramédicos foram acionados por volta das 5h15 da manhã, e a vítima foi anunciada como morta às 5h30, por aparente afogamento, sem evidências de crime.

Oficiais informaram que houve uma festa na casa, mas que não havia nenhum membro da família da atriz no local. No entanto, vizinhos afirmam que filhos de Demi estariam na propriedade há algumas semanas, e estariam oferecendo "festas todos os dias, dia e noite".

Moore disse que está atordoada e triste pela morte do rapaz: "Estou em absoluto choque", disse a atriz de 52 anos em um comunicado divulgado por seu porta-voz, Heidi Lopata. "Eu estava fora do país, viajando para encontrar minhas filhas para uma festa de aniversário, quando recebi as notícias devastadoras."

por

Demi Moore pode ser responsabilizada judicialmente pela morte do rapaz Edenilson Steven Valle, de 21 anos, encontrado na piscina de sua casa em Los Angeles, na manhã deste domingo (19). Em entrevista ao canal Fox, a advogado Julian Chan explicou que os empregadores são responsáveis ​​pelos atos dos seus trabalhadores caso eles estejam ou não no local.

“Com uma festa em torno de uma piscina, onde as pessoas podem ficar embriagadas, um anfitrião tem a responsabilidade de garantir a sua segurança “, disse Chan.

O advogado Leo Terrell disse que Demi Moore poderá enfrentar um processo de supervisão negligente.

“Como proprietária, ela vai ser acusada de não fornecer supervisão adequada na piscina”, disse Terrell, que ainda completou:

“A ação vai atacar o descaso de Demi para garantir a segurança dos hóspedes do perigo da piscina.”

Testemunhas disseram que Edensilson foi visto cerca de 10 ou 15 minutos antes de ser encontrado morto na piscina, segundo o agente Fred Corral, da polícia de Los Angeles.

A família do rapaz e alguns amigos disseram aos investigadores que ele não sabia nadar. Segundo o site TMZ, fontes da polícia disseram que a festa foi dada pelo zelador da casa, que convidou a vítima. Segundo informações colhidas pelos oficiais, os convidados teriam deixado o rapaz sozinho na área da piscina e, ao retornarem, já o encontraram morto na água.

Policiais e paramédicos foram acionados por volta das 5h15 da manhã, e a vítima foi anunciada como morta às 5h30, por aparente afogamento, sem evidências de crime.

Oficiais informaram que houve uma festa na casa, mas que não havia nenhum membro da família da atriz no local. No entanto, vizinhos afirmam que filhos de Demi estariam na propriedade há algumas semanas, e estariam oferecendo “festas todos os dias, dia e noite”.

Moore disse que está atordoada e triste pela morte do rapaz: “Estou em absoluto choque”, disse a atriz de 52 anos em um comunicado divulgado por seu porta-voz, Heidi Lopata. “Eu estava fora do país, viajando para encontrar minhas filhas para uma festa de aniversário, quando recebi as notícias devastadoras.”

Você também vai curtir