Caitlyn Jenner chora ao receber prêmio: “Aceitem como as pessoas são”

Caitlyn Jenner, que assumiu sua transexualidade e tem lutado pelos direitos da comunidade trans nos últimos meses, recebeu um prêmio especial, Arthur Ashe Award for Courage, por sua coragem, no ESPY Awards, em Los Angeles, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira.

por
15jul2015---1437020663460_956x500

Caitlyn Jenner, que assumiu sua transexualidade e tem lutado pelos direitos da comunidade trans nos últimos meses, recebeu um prêmio especial, Arthur Ashe Award for Courage, por sua coragem, no ESPY Awards, em Los Angeles, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira.

Durante seu discurso no palco, a ex-atleta se emocionou e pediu para que acabe o preconceito às pessoas trans.

“É uma hora ter a palavra ‘coragem’ associada à minha vida. Mas, nesta noite, outra palavra vem à minha mente e é ‘felicidade’. Se você quer me xingar, fazer piadas, duvidar das minhas intenções, continue. Eu aguento. Mas a verdade é que há milhares de crianças lá fora tentando chegar a um acordo sobre quem elas são e elas não deveriam ter de lidar com isso. Então, às pessoas que estão se perguntando o que é tudo isso, se é coragem ou publicidade, é o que acontece a partir daqui. Não é sobre uma só pessoa. É sobre milhares de pessoas, não apenas sobre mim. É sobre todos nós aceitarmos uns aos outros. Aceitem as pessoas como elas são”, falou ela limpando as lágrimas nos olhos.

Na plateia, os filhos Brody, Kylie e Kendall assistiam o discurso da “mãe trans” sobre as dificuldades que tem sentido depois de assumir sua nova vida.

“A verdade é que antes, apenas alguns meses atrás, eu nunca tinha conhecido ninguém que era trans. Agora, como vocês veem, eu vejo esta minha situação em mim mesma, em privado. Tem sido [uma situação] de abrir os olhos, inspirador, mas também assustador.”

Você também vai curtir