Um mês após acidente, Huck manca e reclama de dores: “Pareço com 76 anos”

Reprodução/TV GloboHuck ainda manca e reclama de fortes dores nas costas um mês depois de acidente

por
  • Reprodução/TV Globo

    Um mês após acidente, Huck manca e reclama de dores: "Pareço com 76 anos"

    Huck ainda manca e reclama de fortes dores nas costas um mês depois de acidente

Pouco mais de um mês depois de acidente aéreo, que sofreu no interior do Mato Grosso do Sul, Luciano Huck ainda manca e reclama de fortes dores nas costas. “O apresentador se levanta com certa dificuldade, dói tudo, mas estamos aí na luta. Eu estou ótimo, mas pareço estar com 76 anos, andando. As costas vão ficar novas, né, Zé Silveira? Vão ficar zero algum dia”, disse ele, ao se levantar das escadas em que estava sentado, durante o programa “Caldeirão do Huck”.

Ele ainda brincou com a força muscular de Gracyanne Barbosa. “Quando vi a Gracyanne sorrindo, para falar um medo, me deu um medo. Pensei ‘ih, se ela me apertar, morri”, contou.

Luciano Huck sofreu o acidente áereo no dia 24 de maio. O avião, modelo Embraer 820C, que transportava o apresentador, a mulher, Angélica e os três filhos decolou de Estância Caiman, na cidade de Miranda, e seguia para Campo Grande (MS), em um trajeto de 230 quilômetros, quando sofreu uma falha. O piloto informou os controladores por volta das 11 horas. O avião fez um pouso de emergência em um pasto a 30 km de distância da capital do Mato Grosso do Sul. Além da família Huck, estavam à bordo também duas babás, o piloto e o co-piloto.

A família foi socorrida e encaminhada para o hospital Santa Casa de Campo Grande, onde recebeu atendimento no setor de ortopedia. Após passarem pelos exames, os apresentadores conseguiram ser transferidos para o hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo o capitão médico Mauro Pascale, que participou do resgate, a equipe foi acionada por um alerta de acidente aeronáutico. “Chegamos ao local com quase nada de informações. O Corpo de Bombeiros já tinha assistido as vítimas mais leves. Quem tinha o estado um pouco mais grave era o piloto, que bateu a testa no painel e tinha um traumatismo crano-encefálico leve. Ele estava consciente e foi evacuado pela nossa equipe”, afirmou.

Você também vai curtir