TOPO

SBT estreia I Love Lucy nesta segunda; veja 6 curiosidades sobre o seriado

por Redação / Publicado em segunda-feira, 15 jun 2015 19:14 PM / / 525 views

SBT estreia I Love Lucy nesta segunda; veja 6 curiosidades sobre o seriado

A atriz Lucille Ball em cena de “I Love Lucy”

Por escolha do próprio Silvio Santos, o seriado “I Love Lucy” será exibido no SBT a partir desta segunda-feira (15), no lugar de “As Visões de Raven”. Trata-se de uma produção do início dos anos 50, da época em que a TV era em preto e branco.

Exibido entre 1951 e 1960 pela emissora CBS, o sitcom é um dos mais populares da televisão norte-americana, sendo estrelado pelos atores Lucille Ball, Desi Arnaz, Vivian Vance e William Frawley.

“I Love Lucy” foi um marco na televisão, especialmente por apresentar uma mulher como personagem principal em 1951, que ainda não aceitava ser apenas dona de casa e sonhava em ser uma pop star. Outra controvérsia era o fato de Desi Arnaz (Ricky) ser cubano — Lucille e Desi eram casados na vida real. Naquela época, não era comum as pessoas se casarem com estrangeiros.

Além de ter sido a primeira série a liderar o ibope na TV americana, a atração recebeu 22 indicações ao Emmy, venceu cinco, e teve 194 episódios produzidos.

No Brasil, o seriado foi apresentado pela Rede Tupi entre 1958 e 1979 e motivou a emissora a lançar “Alô, Doçura!” com Eva Wilma e direção de Cassiano Gabus Mendes. A Rede Gazeta, a TV Bandeirantes, a Cultura e o canal Multishow também já exibiram o sitcom.

Veja seis curiosidades sobre a série “I Love Lucy”
Inimizade nos bastidores

Os atores William Frawley (Fred Mertz) e Vivian Vance (Ethel Mertz) realmente se odiavam na vida real. No seriado, as demonstrações de afeto eram forçadas

  • Conservadorismo

    Embora eles dormissem em camas de solteiro durante toda a exibição da série, durante as duas primeiras temporadas (1951-1953), Ricky e Lucy tiveram suas camas ‘juntadas’ para parecer uma de casal. Depois que o pequeno Ricky nasceu, a CBS sugeriu que as camas fossem afastadas para diminuir o impacto da história sexual sugerida entre Lucy e Ricky

  • Censura

    Quando Lucy estava grávida do pequeno Ricky Júnior, a censura não permitia que ela pronunciasse a palavra “grávida”. Ela tinha que dizer “esperando”

  • Revolucionando

    O seriado foi um dos primeiros programas de TV a ser filmado em Hollywood, em uma época em que muitas atrações eram feitas ao vivo em Nova York, nos EUA. “I love Lucy” foi pioneira na utilização de três câmeras simultaneamente e os resultados deram impressões de uma série clássica de comédia

  • Sucesso – “a arte imita a vida”

    O episódio em que “Lucy vai ao hospital”, em que ela dá à luz ao pequeno Ricky, obteve recorde de audiência com 71,7 pontos, o que significa que 71,7% de todos os televisores ligados nos Estados Unidos estavam sintonizados no programa. Na vida real, Lucille Ball, exatamente no mesmo dia, deu à luz seu filho Desi Arnez Jr.

  • Drama

    O ator William Frawley (Fred Mertz) tinha problema com alcoolismo. Ele foi aconselhado no início da série a ficar sóbrio ou rescindir o contrato. A maioria de suas cenas mostra seu personagem com as mãos nos bolsos. Para evitar que suas mãos trêmulas ficassem em evidência devido a abstinência alcoólica

SBT estreia I Love Lucy nesta segunda; veja 6 curiosidades sobre o seriado

|