TOPO

Relembre o álbum “Jagged Little Pill”, de Alanis Morissette, que completa 20 anos

por Marta Lima / Publicado em sábado, 13 jun 2015 17:00 PM / / 735 views

Terceiro disco da canadense é considerado um dos melhores dos anos 90

Alanis Morissette

Neste mesmo 13 de junho, há exatos 20 anos, o mundo era surpreendido com o terceiro disco de uma jovem canadense que estava prestes a ditar novos parâmetros: Alanis Morissette.

Com “Jagged Little Pill” a cantora que até então se dedicava ao pop, abraçou o rock alternativo e arrebatou fãs instantaneamente graças às faixas com letras autorais, que abordavam temas considerados tabus até hoje, especialmente para garotas, como sexo oral, masturbação, relações amorosas disfuncionais e conflitos com os pais.

O trabalho composto por 13 faixas rendeu seis singles de sucesso e foi número um em dez países, incluindo o Canadá onde ficou por 24 semanas no topo, e EUA, em que dominou a parada da Billboard por 12 semanas não-consecutivas.

Das nove nomeações ao Grammy, o disco faturou cinco: Melhor Álbum de Rock, Melhor Performance de Rock Feminina, Melhor Canção de Rock com “You Oughta Know“, Artista Revelação e Álbum do Ano, tornando Alanis, então com 21 anos, a artista mais jovem a receber o prêmio nesta categoria. Esse recorde só foi superado por Taylor Swift, que ganhou com o disco “Fearless” aos 20 anos.

Alanis Morissette

You Oughta Know

O single que apresentou o disco ao mundo foi “You Oughta Know“, que consiste numa mensagem sem papas na língua da cantora a um de seus ex-namorados. Apesar de Alanis nunca ter revelado a identidade do rapaz, especula-se que seja o ator Dave Coulier, conhecido por seu papel de tio Joey na série Três é Demais, com quem a canadense namorou quando tinha 18 anos.

Ironic

Outro sucesso do disco foi a faixa “Ironic” cuja letra descreve diferentes definições do que seria ironia para a cantora, não necessariamente de acordo com o dicionário. Um dos motivos de a faixa ter ganhando repercussão foi seu videoclipe dirigido pelo francês Stéphane Sednaoui. Nele, Alanis aparece dirigindo um carro com outras três passageiras, interpretadas por ela mesma.

O clipe levou três das seis categorias que disputava no VMA de 1996, Melhor Clipe Feminino, Artista Revelação e Melhor Edição, além de ter sido incluído na lista dos 100 melhores vídeos do canal VH1. O sucesso rendeu uma versão, dessa vez com uma garotinha chamada Alison Rheaume interpretando a cantora.

You Learn

A canadense se baseou no dito popular “viva e aprenda” para compor o single “You Learn“, primeira música criada para o disco, no qual canta sobre aceitar as coisas que a vida nos oferece e aprender com as dificuldades.

“Eu a compus durante uma época que estava muito isolada, quando tinha acabado de me mudar para Los Angeles. Eu estava me preparando para, pela primeira vez na minha vida, focar nas coisas negativas, pois sempre fui encorajada para focar nas positivas. Coisas como confusão e depressão deviam ser escondidas e reprimidas. Tendo feito isso por tantos anos resultou numa explosão que é o álbum”, disse Alanis sobre o que está por detrás da faixa à VH1.

Head Over Feet

Outra faixa integrante do álbum chama-se “Head Over Feet“, que ao contrário de “You Oughta Know” é uma bela canção de amor. Sua letra descreve o apreço que Alanis sente por seu parceiro, que além de amante também é seu melhor amigo, e é uma espécie de agradecimento por ele ser de tal forma. Além de ter recebido inúmeras críticas positivas, o single foi o primeiro número um da cantora no Hot 100 da Billboard.

Jagged Little Pill” vendeu até hoje mais de 33 milhões de cópias mundo afora e foi considerado o primeiro grande sucesso da gravadora de Madonna, a Maverick Records. Ele ainda foi nomeado pela revista Rolling Stone um dos 100 melhores álbuns dos 90 e sua relevância é tanta até hoje que ele está sendo adaptado em um musical para a Broadway pelas mãos da própria Alanis Morissette.

Aproveite e ouça “Jagged Little Pill” aqui no Popzone!

|

Comentários no Facebook