TOPO

Rafael Cardoso teve 20 dias entre “Império” e gravações de “Além do Tempo”

por Redação / Publicado em terça-feira, 23 jun 2015 20:41 PM / / 407 views

Rafael Cardoso teve 20 dias entre "Império" e gravações de "Além do Tempo"

Para Rafael Cardoso, o seu o Conde Felipe Castellini, está longe de ser um príncipe de contos de fadas na novela “Além do Tempo”

Seduzido pelo papel de Felipe, o galã da próxima novela de 18h, Rafael Cardoso teve apenas 20 dias de descanso entre o fim de “Império” e o começo das gravações de “Além do Tempo”, que estreia no dia 13 de julho na TV Globo. O ator, que irá viver um triângulo amoroso com Alinne Moraes e Paolla Oliveira na trama de Elizabeth Jhin, lamentou não ter se despedido direito de Vicente, mas comemora a nova empreitada.

“Precisei enterrá-lo de uma vez e sem aquele luto, que muitas vezes acontece quando se acaba um trabalho legal, recompensador. Eu ainda estava gravando ‘Império’ quando recebi o convite do Papinha [o diretor Rogério Gomes] e me apaixonei pelo projeto de cara”, contou Rafael. “Sei que tem ator ou atriz que prefere descansar a imagem e não fazer uma novela atrás da outra. Eu não consigo ficar sem trabalhar”, completou.
Com a barba mais grossa e o cabelo mais comprido, ele brincou também com a diferença social entre seus personagens. “Poxa, o cara subiu de cargo [risos]. O rapaz era chefe de cozinha e agora é Conde. Ainda estou descobrindo o Felipe Castellini e posso dizer não é um príncipe de contos de fadas. Ele é um ser humano, uma pessoa cara incrível, mas falho como todo ser humano”, avaliou.
Rafael Cardoso teve 20 dias entre "Império" e gravações de "Além do Tempo"

Rafael Cardoso, Alinne Moraes e Paolla Oliveira vão formar o triângulo amoroso da nova novela das 18h

Rafael Cardoso teve 20 dias entre "Império" e gravações de "Além do Tempo"“Além do Tempo” é uma novela de época e ao mesmo tempo contemporânea, já que 150 anos se passarão entre a primeira e a segunda fase da narrativa. A trama irá contará a história de Lívia (Alinne Moraes) e Felipe, duas almas que são ligadas cosmicamente e estão tentado descobrir o significado do amor e da felicidade há muitas encarnações.

“O meu personagem vai mudar muita coisa [em 150 anos]. Mas, a essência será a mesma. A alma é a mesma. Não sei de muitos detalhes, porque ainda não tem nada escrito sobre a segunda parte. Mas, tenho certeza que ele volta para aprender aquilo que ele não aprendeu”, entregou Rafael que gosta de produções com temas espiritualistas e atua pela primeira vez em uma.
“Não me considero um espírita. Sou mais uma espiritualista que acredita em reencarnação, karma, dharma, anjos, sinais, proteção divina e por aí vai. Acredito que a vida é feita de escolhas. Eu acredito no amor, sim, mas principalmente nos encontros. O que acontece com o meu personagem e o da Alinne Moraes é um reencontro de almas. Eles se olharam e se reconheceram. Isso eu acho que existe”, confessou o ator.
|

Comentários no Facebook