TOPO
Sem categoria

Pelo terceiro ano seguido, Brasil vence em maior festival de animação

por Bibi Toledo / Publicado em terça-feira, 23 jun 2015 19:17 PM / / 501 views
  • Reprodução

    Pelo terceiro ano seguido, Brasil vence em maior festival de animação

    “Guida”, de Rosana Urbes, conta a história de uma senhora que se redescobre na terceira idade

O curta brasileiro “Guida” saiu como vencedor na tradicional premiação de animação de Annecy, na França. A obra da cineasta Rosana Urbes ganhou o prêmio “Jean-Luc Xiberras” de melhor curta de estreia e, pelo terceiro ano consecutivo, os cineastas brasileiros voltam com troféus para casa.

O Brasil já havia sido vencedor no festival com “Uma história de amor e fúria”, de Luiz Bolognesie, em 2013 e “O menino e o mundo”, de Alê Abreu, no ano passado.

O curta “Guida” conta a história de uma senhora que trabalha há 29 anos como arquivista de um fórum e que tem sua vida alterada quando decide posar como modelo vivo em um centro cultural. Segundo Rosana, a obra “fala sobre a passagem do tempo, a nostalgia e a busca poética pela inspiração como forma de renovação da vida”.

“Guida” também já havia ganhado os premios de melhor curta nas edições paulista e carioca do Anima Mundi, além de levar também Prêmio BNDES.

|

Comentários no Facebook