TOPO

“Não dá mais para fazer mocinha”, diz Fernanda Torres sobre novos trabalhos

por Redação / Publicado em sábado, 27 jun 2015 10:26 AM / / 451 views
  • Reprodução/Facebook/Fernanda Torres

    "Não dá mais para fazer mocinha", diz Fernanda Torres sobre novos trabalhos

    Fernanda Torres durante ensaio do monólogo “A Casa dos Budas Ditosos”

As gravações da última temporada de “Tapas e Beijos” vão até o final de agosto e muitos atores já começam a buscar novos trabalhos. Umas das protagonistas da série, Fernanda Torres confirmou ter iniciado conversas sobre novas produções na televisão, inclusive com a possibilidade de fazer uma novela ou minissérie.

“Tem algumas coisas pensadas mais para frente, mas temos que avaliar melhor, estudar melhor. Novela, minissérie, tudo é possível. O que não é possível é ser uma mocinha porque eu já não tenho condição. Não tinha condição quando tinha idade, imagina agora! Mocinha chora muito e é preciso chorar bonito. Eu choro feio”, brincou atriz nos bastidores da estreia do monólogo “A Casa dos Budas Ditosos”, nesta sexta-feira (26), no Rio.

Fernanda contou que o clima de nostalgia anda tomando conta do elenco de “Tapas e Beijos” nessa reta final. ” Foram cinco anos de uma convivência maravilhosa e daqui a três meses não vamos ter mais isso. Eu tinha também uma sensação muito gostosa porque o seriado gravava de março a novembro, e isso me lembrava do tempo da escola, me remetia à infância , à adolescência. Vai deixar saudades”.

A atriz também falou por que voltou ao palco com o monólogo depois de 12 anos da primeira montagem. “Eu posso fazer outra peça qualquer, mas essa está sempre comigo e sempre estará. E um espetáculo muito louco porque todas as vezes que eu sento para fazer, ele me surpreende com a loucura do texto, a atualidade do texto. Não tem nenhum sentimento de ser algo que eu faço há muito tempo. O sentimento é do novo, começando agora” , explicou Fernanda.

Bem humorada, a atriz não escapou da explicação sobre o ataque de riso que deu no meio do espetáculo  que arrancou gargalhadas e aplausos do público, que lotou os 926 lugares do teatro no Leblon , na Zona Sul do Rio. “Há dez anos eu trabalho com um técnico de som, e hoje foi o primeiro dia de outro profissional. Nós ensaiamos, mas ele entrou com as músicas um pouco alto. E quando entrou uma música tocada só com o berimbau, aquilo foi me desconcertando e eu não aguentei e ri sem parar”. “A Casa dos Budas Ditosos” tem texto de João Ubaldo Ribeiro e direção de Domingos de Oliveira.

|

Comentários no Facebook