Na Globo, “Zorra” promove selinho gay e sátira com pastor

Reprodução/TV Globo"Zorra", da Globo, promove selinho gay e piada com pastor O humorístico "Zorra", da Globo, promoveu o selinho gay e fez uma sátira com pastor evangélico durante a edição exibida na noite deste sábado (27).

por
  • Reprodução/TV Globo

    Na Globo, "Zorra" promove selinho gay e sátira com pastor

    “Zorra”, da Globo, promove selinho gay e piada com pastor

O humorístico “Zorra”, da Globo, promoveu o selinho gay e fez uma sátira com pastor evangélico durante a edição exibida na noite deste sábado (27).

Reprodução/TV Globo

Na Globo, "Zorra" promove selinho gay e sátira com pastor

Humorístico da Globo brinca com “coisas que você nunca vai ouvir do seu pastor”

Na Globo, "Zorra" promove selinho gay e sátira com pastor  O beijo aconteceu entre os personagens de Luís Miranda e Renato Rabello, de maneira discreta, sem alarde, e foi bastante comentado nas redes sociais. Já no quadro seguinte, “Zorra” brincou com as “coisas que você nunca vai ouvir o seu pastor dizer”. “Calma, gente. Esse mês, a igreja está bem. Não precisamos de dízimo, não. Guarda para você tomar uma cervejinha”, satirizou.

Após 11 meses de reformulação, “Zorra” estreou o novo formato no dia 9 de maio fazendo piada com a concorrente Rede TV! e a idade da jornalista Glória Maria. A ideia da Globo é exatamente essa, o de promover esquetes rápidas, com uma pegada mais cotidiana, como a crítica à polêmica criada na propaganda de O Boticário.

O elenco do “Zorra” é formado por 45 atores, entre remanescentes do extinto modelo – casos de Fabiana Karla, Nelson Feitas, Talita Carauta, Rodrigo Sant’Anna e Mariana Santos, e os novos artistas, com destaque especial para a ex-“CQC”, Dani Calabresa. Vários tipos são interpretados por ela, desde a mãe de um menino tarado a uma policial da lei seca, ou a dona de uma cantina e a mulher de um delegado.

Segundo o colunista do Popzone Flávio Ricco, a nova fase do programa receberá tratamento de novela, tanto em elementos de direção como na ação dos cinegrafistas. Ainda de acordo com Ricco, programas e artistas da Globo e da própria concorrência irão servir como alvo, como já foi observado neste sábado.

Você também vai curtir