TOPO

Joaquim Lopes dá um tempo na carreira de ator por causa do “Vídeo Show”

por Redação / Publicado em sexta-feira, 19 jun 2015 16:55 PM / / 472 views

Joaquim Lopes dá um tempo na carreira de ator por causa do "Vídeo Show"

Joaquim Lopes assinou contrato de um ano como repórter do “Vídeo Show”

Menos de 15 dias. Esse foi o tempo que Joaquim Lopes levou para aceitar o convite e estrear como repórter do “Vídeo Show”. Como a mudança foi rápida, ele diz que nem teve tempo de ficar nervoso. Muito pelo contrário. Joaquim conta que se sente tão à vontade na nova função que deu um tempo na carreira de ator. “Estou gostando muito dessa experiência e até assinei um contrato de um ano. Se tudo der certo e a direção do ‘Vídeo Show’ me quiser até lá, eu cumpro até o final”, contou.

Joaquim mal tinha chegado em casa de uma gravação externa do programa quando conversou com Popzone, por telefone, no início da noite desta quarta-feira (17). Bem recebido pela equipe do programa, ele diz que ainda não recebeu nenhuma bronca do diretor Boninho. “Existem lendas sobre isso [as broncas do Boninho] lá no Projac, mas graças a Deus ainda estou naquela fase de tolerância 10. Brincadeira! Ainda não recebi, não, e nem quero. Se isso acontecer, estou preparado. Nessa a vida a gente tem que estar preparado para tudo”, assumiu às gargalhadas.
Trabalhar no “Vídeo Show” era um sonho antigo do ator, que já tinha uma experiência como repórter. Ele apresentou durante um tempo a “Dança da Galera” no “Domingão do Faustão”, e talvez seja essa a explicação para a sua naturalidade, alvo de elogios do público. “A repercussão nas ruas tem sido incrível. Primeiro, continuam me chamando de Enrico (rs), [último personagem de Joaquim, na novela ‘Império’] depois me abraçam e falam que eu estou ótimo, que eu estou no caminho certo. Acho que eles querem que eu vire apresentador. Até que não seria um má ideia se fosse na área de culinária”, assumiu.
Joaquim, aliás, é formado em gastronomia e fã de todos os realities shows de culinária. Ele admite que no momento existe uma glamourização do setor, mas faz questão de ressaltar que a realidade é bem diferente. “Tem pessoas que acham que basta fazer uma faculdade ou então ganhar um programa de TV para virar um chef famoso. Não tem nada disso. Ser um chef exige muita persistência e vocação para trabalhar na cozinha. Eu acho bem bacana todo esse espaço dado para a gastronomia na mídia, mas é preciso ter cuidado, não criar uma ilusão no mercado. Eu sou apaixonado pela culinária”.
|

Comentários no Facebook