Disney pode perder US$ 140 milhões com flop de “Tomorrowland”

"Tomorrowland: Um Lugar Onde Nada é Impossível", filme de fantasia dirigido por Brad Bird, deve ter de US$ 120 a US$ 140 milhões de prejuízo assim que concluir o seu lançamento global, diz a revista "The Hollywood Reporter". Esse é o primeiro grande flop financeiro depois de "O Cavaleiro Solitário", estrelado por Johnny Depp, que perdeu US 190 milhões.

por

Tomorrowland

“Tomorrowland: Um Lugar Onde Nada é Impossível”, filme de fantasia dirigido por Brad Bird, deve ter de US$ 120 a US$ 140 milhões de prejuízo assim que concluir o seu lançamento global, diz a revista “The Hollywood Reporter”. Esse é o primeiro grande flop financeiro depois de “O Cavaleiro Solitário”, estrelado por Johnny Depp, que perdeu US 190 milhões.

Com um orçamento de US$ 180 milhões, e mais US$ 150 milhões com marketing, o filme tinha tudo a seu favor: um cineasta de sucesso (“Missão: Impossível – Protocolo Fantasma”) e uma estrela Global, George Clooney. No entanto, provocou dúvidas sobre seu público alvo (é um filme para crianças ou adultos?) e teve uma estreia morna, arrecadando apenas US$ 42,700.

Fontes ouvidas pela revista especializada acreditam que o filme não deve arrecadar mais do que US$ 200 milhõe, longe do suficiente para cobrir todos os custos da Disney.