TOPO

“Absurdo” e “crítica rasa”, dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares

por Redação / Publicado em sexta-feira, 26 jun 2015 13:02 PM / / 450 views
  • Reprodução/TV Globo

    "Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares

    Jô Soares se defende de ataques sofridos recentemente em frente a sua casa por ter entrevistado a presidente Dilma Rousseff

Na última quarta-feira, (24), o apresentador Jô Soares respondeu aos ataques que recebeu por ter entrevistado a presidente Dilma Roussef classificando-os como “fascismo”. “Todo mundo tem o direito de falar. Tem uma frase famosa do Voltaire que diz: ‘Sou contra tudo isso o que ele está falando, mas defendo até o fim o direito dele de dizê-las’, disse Jô em seu programa na Globo. Além de críticas em portais da internet que repercutiram a entrevista, Jô teve o asfalto da rua onde mora em São Paulo pichado com a frase “Jô Soares, morra”.

Em entrevista ao Popzone, apresentadores e entrevistadores de outras emissoras mostraram apoio a Jô. Nem todos disseram ter concordado com o tom que o apresentador do “Programa do Jô” deu à entrevista, no entanto, consideraram o ataque exagerado. Leia na íntegra a opinião de Marcelo Tas, Rafinha Bastos, Roberto Justus e Mariana Godoy:

Apresentadores comentam sobre críticas a Jô

"Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares Raphael Castello/AgNews Todos somos sujeitos a críticas. Qualquer um pode criticar a forma como Jô Soares entrevistou a presidente Dilma. Só não vale partir para a ignorância. Neste caso, me coloco absolutamente solidário ao Jô. É inadmissível que ele, uma referência da liberdade de expressão no Brasil, vire alvo de agressões toscas desse calibre. Vi e não gostei [da entrevista com Dilma]. Foi um dia infeliz para entrevistador e entrevistada. Sugiro à presidente Dilma sair da bolha onde vive e falar mais vezes, sem as amarras do marketing político, ao povo brasileiro que tem questões sérias para ela ainda sem resposta. Independente desta entrevista particular, entre as dezenas de milhares já realizadas pelo querido gordo, continuo admirador dele. Viva Jô Soares Marcelo Tas, ex-apresentador do “CQC”, atualmente no “Papo de Segunda”, do GNT

"Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares Thiago Duran/AgNews Se uma internação hospitalar não derrubou o Jô, não vai ser a ameaça de um idiota que vai conseguir. Ele está saindo dessa história usando a característica que faz dele um dos maiores artistas desse país, o bom-humor. O Jô sempre recebe muito bem todos os convidados, seja a presidente ou o gari. Ele é um apresentador e faz questão de deixar um clima agradável nas entrevistas, ele não é um inquisidor. Está ali para bater um papo descontraído. Se de repente as pessoas reclamam que ele deveria ter perguntando especificamente sobre escândalos, a questão não é essa. A opção dele foi bater um papo divertido e amigável com a presidente. Não acho que tem por trás disso qualquer tipo de motivação política. Ele fez isso com todo mundo a vida inteira. E não ia ser com a presidente que ele ia fazer de forma diferente. Eu não teria feito desta forma, mas não critico a maneira dele agir. Esse cara já entrevistou muita gente, é um cara extremamente talentoso e merece muito mais do que esse tipo de critica rasa de ‘ah, não falou sobre o mensalão’, ‘não falou sobre o petrolão’, ele é muito mais do que isso. E ainda fez a presidente admitir que fica triste com critica, pode parecer algo pequeno, mas é algo que você nunca viu em lugar nenhum Rafinha Bastos, ex-apresentador do “CQC” e “Agora É Tarde”

"Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares Manuela Scarpa/PhotoRioNews Em primeiro lugar, acho um absurdo qualquer ameaça física a qualquer pessoa e a que aconteceu ao Jô Soares devido à entrevista que ele fez com a presidente Dilma Roussef. Isso não tem justificativa. Críticas em redes sociais podem acontecer e são válidas, uma vez quem nem todo o mundo pode e deve concordar com uma entrevista que é feita. O Jô Soares é um dos melhores entrevistadores da televisão brasileira e fez aquilo que julgou ser pertinente para o programa dele. Estava bem curioso em relação ao que seria dito na entrevista. Não concordar com uma entrevista é um direito. No entanto, não dá para aceitar a violência Roberto Justus, apresentador do “Roberto Justus +”

"Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares Wayne Camargo/Divulgação/RedeTV! Achei a entrevista ok, acho que o Jô fez as perguntas que tinha que fazer. As pessoas falam demais, nosso trabalho é que nem a seleção (brasileira de futebol), todo mundo dá palpite em tudo. Às pessoas que fiquem palpitando, eu estou aqui conduzindo minha charretinha Mariana Godoy, apresentadora do “Mariana Godoy Entrevista”

"Absurdo" e "crítica rasa", dizem apresentadores sobre ataques a Jô Soares

*Com reportagem de Giselle de Almeida e Natália Guaratto

|

Comentários no Facebook