TOPO

“Não sei se teria aptidão”, diz Edu Guedes sobre criticar chefs novatos

por Redação / Publicado em quarta-feira, 20 maio 2015 13:04 PM / / 639 views

271550Edu Guedes conquistou o seu espaço na TV com a apresentação do passo a passo de receitas, criando identificação com as donas de casa pela espontaneidade e forma simples de se comunicar. Ao lado de referências como Ana Maria Braga e Palmirinha, consagrou-se como representante masculino nos programas de culinária que seguem um formato mais tradicional na telinha.  Prestes a estrear com Celso Zucatelli e Mariana Leão a revista eletrônica “Melhor pra Você”, na RedeTV!, o chef famoso disse sentir-se no caminho oposto a dos colegas de profissão que têm se destacado nas versões brasileiras do “MasterChef” (Band) e “Cozinha sob Pressão” (SBT).

“Eu estou no inverso, sou o homem que ensina o passo a passo. Tem chefs mulheres nos restaurantes, mas a maior parte são homens. Talvez seja essa a característica de chef que as pessoas num reality [de culinária] procurem, ou talvez por chefs homens serem considerados mais enérgicos”, analisou ele, que observa um espaço mais igualitário entre os gêneros na apresentação de programas de culinária na telinha.

Ele disse que teve a oportunidade de construir sua carreira da forma que sempre quis e mostrou dúvida se teria jeito para fazer algo diferente do que já está acostumado, como por exemplo ser jurado de um programa de talent show – gênero bastante popular fora do país e que só recentemente passou a ser investido na TV brasileira. “Se eu tivesse que fazer algo diferente em alguns tipos de programa, não sei se teria aptidão. Precisaria ver para testar”, declarou.

Guedes contou que acompanha formatos variados de programas de culinária desde quando foi estudar gastronomia na Itália, há mais de 20 anos. “É uma tendência mundial e acho que há espaço para todo mundo. Os programas são muito diferentes e eu acho interessantes. Alguns eu acho difícil porque os participantes precisam cozinhar de forma rápida e fazer um prato nessas condições não é fácil”, afirmou.

Um prato para ser aprovado pelo telespectador, segundo ele, precisa muito mais do que agradar o paladar. Unir algumas características, ressalta, é essencial. “A receita tem que ser gostosa, prática, viável financeiramente e também fácil para que as pessoas encontrem os ingredientes”, apostou.

|