TOPO

“Não me considero uma pessoa doente”, diz Betty Lago sobre o câncer

por Redação / Publicado em quarta-feira, 27 maio 2015 11:26 AM / / 1034 views

betty2

Ao lado do produtor Clovys Torres, Betty Lago exibe o cabelo raspado em estreia de espetáculo de Marisa Orth em São Paulo

Bem-humorada e disposta são dois estados físicos que Betty Lago não abre mão, mesmo nos dias mais difíceis. Na batalha contra um câncer de vesícula e intestino há mais de dois anos, a atriz surpreende pela forma como vem lutando contra a doença.

“Não me considero uma pessoa doente, eu me considero uma pessoa fazendo um tratamento. Se eu me considerasse doente, estaria deitada e sofrendo, não estaria aqui. Você meio que se acostuma porque faz parte da sua vida e ela não pode parar por isso”, disse com um sorriso no rosto durante o coquetel de estreia do espetáculo “Romance Vol. III”, de Marisa Orth, na noite desta terça-feira (26), no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.

Desde que foi diagnosticada em meados de 2012, a atriz usa seu jeito genuinamente leve para encarar todo o tratamento sem dramas, mas contou que teve alguns momentos em que se sentiu ligeiramente abatida.

“Nunca tinha tido uma doença grave, nada, de repente fui operar uma vesícula e saí com um tumor, isso foi um choque. Fiquei uns 20 dias ansiosa, esperando o resultado dos exames, foi um momento tenso para mim e para os meus filhos. Mas no momento em que você recebe o diagnóstico e começa o tratamento, dá um alivio”.

Apesar de hoje ostentar cabelos curtinhos e, às vezes, o visual raspado, Betty relembrou que também foi difícil se olhar no espelho sem cabelo pela primeira vez.

“Sempre mudei o cabelo, fiz milhões de cores. No começo pensei que seria mais uma bobagem perder o cabelo, ficar careca, mas dá primeira vez não foi legal, foi o momento mais tenso, eu me senti nua. Mas continuo fazendo o tratamento, então cai, volta, volta enrolado… Quando começa a ficar sem graça meu filho raspa”.

Questionada sobre uma possível crença em milagres, Betty faz uma ligação com a força recebida dos fãs e das pessoas próximas, como os filhos e o namorado, Clovys.

“Quando a gente fala em milagre, acredito que é uma conjunção de coisas, uma força interna que você não sabe de onde vem, com a energia das pessoas que gostam de você. A energia dessas pessoas me surpreendeu, tudo isso cura você. As pessoas falam que fulano morreu de câncer. Não! Você morre porque chegou sua hora. A medicina também está muito avançada, tem um amigo médico que diz que o câncer está desmoralizado, e realmente são milhões de pessoas que se curam.”

E se para alguns o momento de receber a quimioterapia é encarado como um martírio, Betty também riscou esse sentimento de sua lista.

“Antes ficava quietinha, agora já parece um clube. Faço desfile de moda, pergunto da vida, pergunto que câncer o outro tem, faço piada. A enfermeira fala que está feliz em me ver, eu respondo que não estou nem um pouco feliz, daqui a pouco vou fazer talk show lá”, disse gargalhando.

Novos projetos

Betty também não parou de trabalhar com o início do novo tratamento. Ela participou das gravações do “Desafio da Beleza”, do GNT, que vai ao ar em agosto, e contou como driblou os efeitos colaterais dos remédios durante os 20 dias de gravação.

“De repente dava um sono, mas todo mundo já se acostumou. A gente parava a gravação para almoçar, comia uma comidinha bem natural, dormia uns 20 minutos, mas daquele sono profundo, sabe? Acabaram hoje as gravações e eu chorei horrores, sabe quando a equipe e o programa dão muito certo? Então, foi muito gostoso”.

Ela também está planejando a volta de um canal de vídeos em parceria com o seu filho Bernardo.

“Já gravei uns dois vídeos e achei bem engraçado, minha filha fala que é estranho uma pessoa rir dela mesma. Eu via minhas novelas e ria muito, achava engraçadíssimo. Paramos o canal com seis vídeos, mas agora vamos retornar”.

|