TOPO

Falha técnica trava telão e altera rotina de “SuperStar”, da Globo

por Redação / Publicado em segunda-feira, 04 maio 2015 12:07 PM / / 755 views

ttttttUma falha técnica travou o telão logo na primeira apresentação do “SuperStar”, deste domingo (3), o que alterou totalmente a rotina do reality musical da Globo. A repórter Rafa Brites foi chamada em diversas ocasiões, enquanto a produção do programa trabalhava para consertar o problema. Sem sucesso. A tela só voltou a ser utilizada no segundo bloco, na apresentação da 8ª banda.

A banda se apresenta no programa de frente para um telão gigante. Ela sobe apenas quando o grupo musical ultrapassa a marca dos 70% da preferência popular. Com a falha, os artistas se apresentaram sem a tela e de frente para os três jurados.

Cinco bandas foram classificadas para a próxima fase do programa na edição deste domingo. Foram elas: Scalene (89%), Zueira (79%), Os Gozagas (77%),  Stereosound (74%) e Falange (74%). Scalene, em primeiro lugar, já é uma banda conhecida do cenário musical. Fundada em 2009, a banda já cantou em festivais como SXSW e Lollapalooza Brasil.

Ao todo, 20 bandas já se classificaram nessa segunda temporada de “SuperStar”. Restam apenas mais 4 vagas, que serão disputadas na semana que vem.

Recapitulando a terceira semana

Aparentemente não satisfeita com os comentários feitos pelos três jurados, Fernanda Lima deu um puxão de orelha em Sandy, Thiaguinho e Paulo Ricardo durante a edição deste domingo (26) do “SuperStar”, da Globo.  “Não fiquem acanhados. Vocês são jurados. Podem falar mesmo”, disse ela.
Coincidência ou não, mas o puxão de orelha de Fernanda Lima aconteceu depois que Thiaguinho tentou justificar o seu voto para a primeira banda da noite, Radio Radar. “A banda foi muito bem. Só não tocou para dar os meus 7%. Mas estão de parabéns”, disse ele, meio confuso.
Cinco bandas se classificaram com mais de 80% da aprovação do público para a próxima fase do reality musical. Foram elas: Devir (90%), Lucas e Orelha (86%), Scambo (84%), Serial Funkers (82%) e Yegor y Los Bandoleros (80%).
Já o público do Popzone, com 41,17%, elegeu a banda Supercrow como a melhor da noite.
Conheça as bandas aprovadas na terceira semana de “Superstar”, da Globo (26/04/2015)
  • Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo
    Devir

    Do Niterói (RJ), a Devir, que mistura os ritmos blue, reggae e jazz, fizeram um mix de “Rude” e “Não Chores Mais”. O resultado agradou. A banda não só conquistou 90% de aprovação –o recorde nessa temporada–, como também levantou a plateia do programa. Foi a mais aplaudida da noite. “Ela tem uma voz incrível, muito gostosa de se ouvir”, resumiu Paulo Ricardo. Eles escolheram Sandy para padrinho.

  • Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo
    Lucas e Orelha

    O nome é estranho, mas a banda Lucas e Orelha, liderada por dois soteropolitanos, não se intimidou no palco e alcançou os impressionantes 86%. Foi o 2º maior índice da noite. Os garotos de apenas de 17 e 19 anos desbancaram veteranos com anos de estrada. “Essa coisa do Lucas e Orelha remete a Claudinho e Bochecha e é muito legal ver vocês com 17 anos começando assim”, observou Paulo Ricardo.

  • Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo
    Scambo

    A banda baiana Scambo cantou a música autoral “Depois de ver”, conquistou 84% da preferência popular e o “sim” dos três jurados. Eles são de Salvador, já contabilizam 10 anos de estrada, e ficaram conhecidos na cidade depois que provocaram um enorme congestionamento ao cobrar ingressos de um show a R$ 1,99. “Vocês são originais e despretensiosos. Estão se divertindo no palco”, elogiou Sandy.

  • Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo
    Serial Funkers

    Serial Funkers foi a última banda da noite a se apresentar. Tinha como obstáculo vencer o nervosismo e ultrapassar a barreira dos 80% registrados pelos adversários. E conseguiram! A banda paulistana, que foi ao som de “A batida do coração”, alcançou 82%. “Vocês foram magistrais. É uma banda madura e eu gosto de músicas que contam uma história na música”, disse Thiaguinho.

  • Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo
    Yegor y Los Bandoleros

    Apaixonados pela música hispânica, a banda paraibana Yegor y Los Bandoleros cantou o hit “Corazón Espinado”, de Maná. E parece ter agradado. O grupo alcançou 80% da preferência popular e o “sim” dos três jurados. “Vocês se deram bem encontrando uma música perfeita e você traz uma coisa que eu sempre espero de um vocalista: o carisma. Isso é fundamental para um superstar”, avaliou Paulo Ricardo.

Falha técnica trava telão e altera rotina de "SuperStar", da Globo

 

|

Comentários no Facebook