TOPO
Sem categoria

Fábio Porchat comemora boa bilheteria do “Entre Abelhas”: “Fiquei surpreso”

por Bibi Toledo / Publicado em sexta-feira, 08 maio 2015 03:53 AM / / 446 views

685482-fabio-porchat-esteve-na-preestreia-do-950x0-3Fábio Porchat foi o convidado especial da 300ª edição do “The Noite”, exibida nesta quinta-feira (7). Em cartaz com o longa “Entre Abelhas”, o humorista e ator, que também foi o primeiro entrevistado da história da atração, começou a entrevista comemorando a boa bilheteria do seu filme,  que só no último fim de semana levou 171,7 mil pessoas aos cinemas de todo o Brasil, ficando atrás apenas de “Velozes e Furiosos 7” (398,2 mil pessoas), e “Os Vingadores 2” (2,01 milhões pessoas).

“Fiquei surpreso. Este filme é diferente dos outros que eu fiz. É claro que tem humor, é um filme divertido, mas tem outra pegada. Fico feliz porque o público comprou a história”, contou o humorista, que adotou um figurino de abelha para a entrevista. “Estou fazendo festinha infantil , por isso que eu estou de abelha”, brincou Porchat sobre a sua roupa.

Logo em seguida, Porchat foi questionado por Danilo sobre o porquê dele ter escolhido lançar o “Entre Abelhas” na mesma época de filmes de sucesso como “Velozes e Furiosos 7″ e Os Vingadores 2”. Sincero, o ator e humorista disse que independente da data do lançamento do filme, seria impossível competir com o cinema americano.

“O Brasil tem pouquíssimas salas, acho que temos  2,5 mil salas de cinema no Brasil inteiro. Esse é o numero de salas que eles têm apenas na Flórida. É muito desleal, eles têm uma indústria, aqui nós temos outro tipo de funcionamento. A gente ainda está entendendo”, confessou.

Acostumado a fazer stand-ups e filmes de comédia, em junho o humorista estará em cartaz com o filme “Meu Passado Me Condena 2”, Fábio Porchat disse que teve dificuldade em fazer um papel mais dramático.

“Eu não mostro os dentes no filme.  Você acredita?  Mas o mais difícil foi não poder mexes os braços. Eu mexo muito os braços nos meus stand-ups.  O que acabou facilitou foi o fato do texto ser meu, então eu já sabia como eu queria o personagem”, contou o ator, que escreveu o roteiro do filme junto com o diretor Ian SBF.

|