TOPO

Criador de “Ai como eu tô bandida” está preparado para “Zorra” sem bordões

por Redação / Publicado em quarta-feira, 06 maio 2015 11:51 AM / / 741 views

download
Rodrigo Sant’Anna está no “Zorra” desde 2010 e já criou quase dez personagens

Prestes a entrar no ar com o novo “Zorra”, Rodrigo Sant’Anna dá um tempo de seus personagens mais pops do humorístico, como Valéria, Admilson e Adelaide, e prepara-se para o desafio de um programa sem bordões e nem quadros fixos. “É uma adequação, e não uma dificuldade”, afirma o ator ao Popzone.

Sant’Anna está no “Zorra Total” desde 2010, criou quase dez personagens e no início era ele quem escrevia suas esquetes, “para direcionar, mostrar como eles agiam”, mas na nova versão, pelo menos por enquanto, ele vai apenas atuar. “Sempre gostei de escrever. Estou aberto para tudo. Se rolar essa possibilidade de escrever também, por que não? Eu quero trabalhar”, conta o autor do bordão “Ai como eu tô bandida”.

No ar há 15 anos, é dirigido desde 2014 por Mauricio Farias, que substituiu Maurício Sherman, e tem o humorista Marcius Melhem entre os redatores finais, ao lado de Celso Taddei e Gabriela Amaral. Quem assistir à estreia do novo formato, no próximo sábado (9), verá um programa moderno e ágil. “Ele vem com uma  nova estética e é incomparável com o antigo. Para mim, são estilos de humor diferentes. Esse tem uma levada mais rápida, mais realista”. Serão 20 esquetes, com três minutos de duração cada. Além disso, haverá cenas gravadas fora do estúdio.

Sobre um possível estranhamento ou até mesmo uma rejeição inicial do público com relação ao novo “Zorra”, Rodrigo encara com naturalidade. “A gente como ator, tem vários patrões e, na verdade, eu acho que o público é um patrão mais exigente do que aquele que paga, que dá o emprego. De certa forma a gente está suscetível a todos os tipos de gostos. A minha alegria maior é poder experimentar novas oportunidades, e isso o novo ‘Zorra’ está trazendo.”

|

Comentários no Facebook