Bill Cosby fala sobre acusações de abuso sexual: “Nunca vi algo assim”

Ethan Miller/Getty ImagesBill Cosby fala em entrevista ao programa "Good Morning" sobre as acusações de assédio sexual

por
  •  

    Bill Cosby fala sobre acusações de abuso sexual: "Nunca vi algo assim"

    Bill Cosby fala em entrevista ao programa “Good Morning” sobre as acusações de assédio sexual

Bill Cosby finalmente quebrou o silêncio e falou sobre as acusações de assédo sexual que ele tem sido alvo nos últimos anos. Entretanto, o comediante foi evassivo ao falar sobre o tema em entrevista ao programa norte-americano “Good Morning” desta sexta-feira (15).

“Eu estive neste negócio mais de 52 anos e eu nunca vi nada como isso. A realidade é a situação. E eu não posso falar”, disse o comediante em um discurso enigmático.

Quando questionado sobre o que irá dizer para crianças que perguntarem se ele é culpado ou não, Bill Cosby deu outra resposta confusa.

“Eu não tenho certeza que eles virão assim. Eu estou preparado para dizer a esta pessoa jovem sobre a vida. Eu acho que muitos deles vão dizer, ‘Bem, você é um hipócrita, você diz uma coisa, você diz outra”, disse.

Acusações e processo

Desde outubro do ano passado, mais de 20 mulheres acusaram Cosby de abusos sexuais. Uma delas, Judy Huth, foi a primeira a transformar a acusação em processo no Tribunal Superior de Los Angeles. Nos documentos, a mulher relata que Cosby se aproximou dela e de uma amiga de 16 anos enquanto elas observavam de longe as gravações de um filme que contava com ele no elenco, em um parque da Califórnia. Segundo ela, o ator, mesmo sabendo da idade das meninas, convidou-as para ir a seu clube no fim de semana seguinte.

No clube, Cosby teria dado bebidas alcoólicas para as duas meninas e as levado para a mansão da “Playboy”, aconselhando-as a dizerem que tinham 19 anos caso alguém perguntasse. Segundo o relato de Huth, quando ela foi ao banheiro, o humorista a encontrou em um quarto adjacente e começou a “abusar sexualmente dela, tentando colocar a mão dele por baixo das calças dela e colocando a mão dela na dele, realizando um ato sexual nele mesmo sem o consentimento dela”. O caso aconteceu em 1974, quando ela tinha 15 anos.

Você também vai curtir