TOPO

“Babilônia não está em crise, tem falhas na trama”, admite Silvio de Abreu

por Redação / Publicado em domingo, 10 maio 2015 01:01 AM / / 554 views
Silvio de Abreu nega crise em "Babilônia", mas admite falhas na trama
Sílvio de Abreu

Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia diária da TV Globo, garante que “Babliônia” – que estreou com cenas ousadas e após rejeição do público passou por mudanças – não está passando por problemas por conta dos baixos índices de audiência para o horário nobre.

“Não existe crise em Babilônia. As pessoas falam porque gostam de falar, de criar um tumulto ainda mais sobre novela das nove”, contou ele, que prestigiou o encontro com o elenco de “Alto Astral” para assistir o capítulo da novela nesta sexta-feira (8) no Rio de Janeiro.

No comando do fórum de novelas da TV Globo, Silvio reforça que “Babilônia” vai bem e nega que esteja reescrevendo alguns capítulos da novela, que foram reformulados para dar mais agilidade à trama.

“Está tudo ótimo e está sendo reformulada pelos autores. Eles apostaram numa série de coisas que não deram certo e tiveram que reformular. Estão adiantando a história e reescrevendo e não eu. Eles estavam contando a história mais lentamente e agora estão acelerando mais. O enredo é o mesmo”.

Após as mudanças nos rumos dos personagens, Silvio diz que audiência melhorou e elogia a novela de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga.

“O que eu posso falar é que audiência está indo bem agora. Minha nota para ‘Babilônia’ é 10. Gilberto Braga é Gilberto Braga, um gênio”, elogia.

“Babilônia” estreou tratando de temas da atualidade e com personagens de caráter duvidoso. Apesar de terem boa repercussão nas redes sociais, as apostas dos autores para uma história forte sofreram rejeição por parte mais conservadora do público.

A primeira avaliação ouviu telespectadoras de São Paulo no dia 1º de abril, quando o folhetim tinha apenas 15 capítulos exibidos.

Desde então, algumas mudanças foram feitas na trama, que bateu índices de audiência mais baixos do que o esperado para um folhetim do horário nobre.

|

Comentários no Facebook