TOPO

Se não gosta de ser famoso, vai trabalhar como guarda noturno, diz Faustão

por Redação / Publicado em segunda-feira, 20 abr 2015 14:18 PM / / 646 views

Fausto Silva reclama de artistas que não valorizam o fã

fausAo lado de Luan Santana, o apresentador Fausto Silva reclamou na noite deste domingo (19) do artista que não valoriza o seu próprio fã. “Tem muitos artistas…isso é uma bela verdade o que ele está falando. O cara luta para ser famoso e depois sai dando coice no público. Se não gosta disso, vai trabalhar como guarda noturno. Vai trabalhar à noite”, disparou o apresentador da Globo, sem citar nomes, durante o “Domingão do Faustão”.

Luan concordou com as palavras de Faustão, e acrescentou. “É um coisa que não dá para entender, se o cara lutou tanto para conquistar. Dar valor aos fãs, às pessoas que gostam do seu trabalho, deve estar em primeiro lugar”, avaliou o sertanejo. “Isso é questão de inteligência, de caráter”, opinou o apresentador.

Coincidência ou não, a declaração de Fausto Silva foi feita poucos dias depois da polêmica provocada por Ed Motta nas redes sociais. Na ocasião, o cantor discutiu com fãs e afirmou que as pessoas que costumam vê-lo ao vivo no exterior são uma “turma mais simplória”, que não acompanha sua carreira e que é fã de ritmos populares.

O músico disse ainda que não falará nem cantará em português nas apresentações de sua próxima turnê europeia. Pedir seu primeiro sucesso, “Manuel”, então, nem pensar. “O mundo inteiro fala inglês, não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de inglês. A divulgação da gravadora, dos promotores é maciça no mundo Europeu, e não na comunidade brasileira.”

No fim, Motta deu um recado para quem planeja vê-lo e é apenas um ouvinte, digamos, mais “ocasional”.

“Não gaste seu dinheiro e nem a paciência alheia atrapalhando um trabalho que é realizado com seriedade cirúrgica. Esse não é um show para matar a saudade do Brasil. É um show internacional. Que desagradável ter que toda vez dar explicações, e ter que escrever esse texto infame.”

As declarações fortes repercutiram nas redes sociais. Ele chegou a discutir com vários seguidores no Facebook. “Realmente, ser popular no Brasil é para poucos”, escreveu um internauta. “Pra poucos idiotas”, retrucou o cantor.

|