TOPO

Príncipe William inicia mais cedo sua licença paternidade

por Redação / Publicado em terça-feira, 21 abr 2015 13:03 PM / / 582 views

katem

Príncipe William teve sua licença paternidade antecipada

O príncipe William iniciou mais cedo sua licença paternidade como piloto de helicóptero-ambulância às vésperas do nascimento de seu segundo filho, anunciou a Casa Real nesta terça-feira. Dessa forma, ele poderá estar ao lado da mulher, Kate Middleton, durante a reta final da gravidez.

Um porta-voz do palácio de Kensington, a residência oficial de William e Kate, informou: “O Duque de Cambridge completou a primeira parte de seu treinamento como piloto de helicóptero ambulância mais cedo do que o esperado. Isso aconteceu devido a uma combinação entre o Duque ter tido um bom desempenho em vários módulos e as boas condições meteorológicas que permitiram que o treinamento progredisse mais rápido do que o planejado”.

Caso ainda estivesse em treinamento quando Kate entrasse em trabalho de parto, William teria de pegar duas horas de estrada para chegar a Londres. Ele deverá voltar a suas funções na próxima rodada de treinamento, em 1o de junho, após alguns compromissos oficiais em maio.

O segundo filho de William e Catherine deve nascer até o final do mês, mas a imprensa britânica tem relatado que há previsões de que a criança deve nascer entre 25 e 26 de abril.

Enquanto isso, já foram instaladas as primeiras grades para controlar o fluxo de jornalistas em frente ao hospital St Mary de Londres onde Kate fará o parto.

A duquesa de Cambridge deve dar à luz ao irmão do príncipe George na ala particular do hospital, onde é feito o parto e a internação por ao menos 24 horas, a um preço de 7.200 euros.

O príncipe George, assim como seu pai Willian, nasceu no mesmo centro médico em 22 de julho de 2013, em meio a uma grande expectativa e após um interminável cero midiático de mais de três semanas.

Desde meados de junho, as emissoras de televisão do mundo inteiro haviam instalados tripés e câmeras em frente à porta de entrada da ala Lindo, à espera da chegada do possível futuro rei.

Para evitar um alvoroço similar, o palácio de Kengsington ordenou a instalação de várias grades nos arredores da clínica.

Também proibiu o estacionamento de veículos nas proximidades até 30 de abril em razão deste “acontecimento especial”, segundo os painéis luminosos.

Entretanto, alguns turistas conseguem se aproximar da clínica para tirar fotos e fazer suas postas sobre o sexo do futuro bebê real.

*Com informações da agência AFP

|

Comentários no Facebook