Novo “50 Tons” terá toques de suspense, diz presidente da Universal

Universal/ ReproduçãoDivulgada a primeira foto de Christian Grey em 'Cinquenta Tons Mais Escuros'

por
  • Universal/ Reprodução

    Novo "50 Tons" terá toques de suspense, diz presidente da Universal

    Divulgada a primeira foto de Christian Grey em 'Cinquenta Tons Mais Escuros'

"Cinquenta Tons Mais Escuros",  sequência do picante "Cinquenta Tons de Cinza"  será um filme com um ingrediente a mais: o suspense. A informação foi dada pela presidente da Universal Pictures, Donna Langley, em entrevista ao "The Hollywood Reporter".

Na conversa, ela também comentou sobre os atritos entre a escritora E.L. James, autora do best-seller que originou a franquia, e a diretora Sam Taylor-Johnson, que deixou a direção dos filmes.

"Para deixar registrado, o filme que fizemos é exatamente o filme que eu queria fazer e que o estúdio queria fazer e que a nossa diretora queria fazer", contemporizou, antes de revelar que o marido da escritora, escritor Niall Leonard, que escrevará a sequência, também participou do primeiro longa.

Ainda sem diretor definido, "Cinquenta Tons Mais Escuros" chega aos cinemas em fevereiro de 2017. "Ele [Leonard] realmente fez um projeto que não foi creditado no primeiro filme, e ele fez um realmente um bom trabalho."

A mandatária da Universal também falou sobre os planos para a franquia "Velozes e Furiosos", que bateu recorde de bilheteria este ano. O oitavo filme da série também está previsto para 2017. "Ele [Paul Walker] trouxe algo muito único e especial à franquia, mas nos sempre tentamos apostar no elenco e no conceito dos filmes."