TOPO

Galvão diz que beijar Pedro Bial é uma “brincadeira saudável”

por Redação / Publicado em terça-feira, 28 abr 2015 12:26 PM / / 657 views
  • Reprodução/TV Globo

    Galvão comenta beijo em Pedro Bial e classifica como "brincadeira saudável"

    Galvão comenta beijo em Pedro Bial e classifica como “brincadeira saudável”

Galvão Bueno comentou na noite desta segunda-feira (27) sobre o selinho dado em Pedro Bial nos bastidores do especial do “Jornal Nacional”, que reuniu os principais profissionais da equipe de jornalismo para celebrar os 50 anos da Globo.

“O Bial, meu querido amigo, a gente faz isso com muita brincadeira, com muito carinho. E tanto que isso acabou passando na Globo News no ‘making off ‘ daquele programa. As brincadeiras foram as mais saudáveis possíveis. No final, demos um abraço no palco. Todo mundo sente que cada um fez parte dessa história [da Globo]. Bial, beijo para você”, disse Galvão durante o “Bem, Amigos”, do SporTV.

A explicação aconteceu após ser questionado por Arnaldo Cezar Coelho sobre o assunto. “Foi uma coisa legal, de carinho. Você apareceu nas redes sociais dando um estalinho no Bial”, brincou o amigo de longa data.

Embora tenha ocorrido pouco antes da gravação do especial do “JN”, a cena só foi exibida no sábado pelo programa “Globo News Documento”, do canal de notícias Globo News.

O selinho entre os dois profissionais alcançou uma ampla repercussão nas redes sociais, com inúmeros compartilhamentos.

A Globo relembrou durante toda a semana no “Jornal Nacional” as principais coberturas jornalísticas em 50 anos de emissora. Foram recordados o nascimento do primeiro bebê de proveta, a chegada do homem à Lua, as Copas vencidas pela Seleção brasileira, o erro da emissora na cobertura das Diretas Já, o impeachment de Collor, as vitórias de Nelson Piquet na Fórmula 1, a morte de Ayrton Senna, entre outros.

Conduzido por William Bonner, o especial reuniu Glória Maria, Pedro Bial, Sandra Passarinho, Tino Marcos, Fátima Bernardes, Heraldo Pereira, Marcelo Canellas, Caco Barcellos, Ernesto Paglia, Galvão Bueno, Chico José, André Luiz Azevedo, Renato Machado, Ilze Scamparini, Luís Fernando Silva Pinto e Orlando Moreira.

A Globo ainda citou outros profissionais que passaram pela emissora, mas que trabalham ou trabalharam na concorrência, como Hermano Henning, Marcos Hummel e Luciano do Valle, morto em 2014.

|

Comentários no Facebook