TOPO

Diretor fala sobre a volta de personagem em episódio de “Mad Men”

por Redação / Publicado em terça-feira, 21 abr 2015 12:49 PM / / 411 views

Diretor fala sobre a volta de personagem em episódio de "Mad Men"

No episódio “The Forecast”, que foi ao ar no domingo (19) nos Estados Unidos, em “Mad Men”, os personagens foram mostrados contemplando o futuro. O diretor Jennifer Getzinger falou sobre a temática do episódio e os rumos dos personagens.

ALERTA: O TEXTO CONTÉM SPOILERS. SE VOCÊ NÃO QUER SABER DETALHES DA SÉRIE, NÃO LEIA.

“O que eu adoro é ver todos falando sobre o futuro – Sally dizendo ‘Estou cansada das pessoas perguntarem o que eu quero fazer quando eu crescer”, Don tendo que escrever o discurso… todos têm sonhos diferentes. Então Don está sentado, observando a tudo isso – qualquer momento como esses leva à felicidade? Esta é a grande questão. O que isso importa?. Para mim, é sobre isso”, afirmou Getzinger para a revista “Variety”.

No episódio, Betty prova que ainda não é a mãe ideal – preferindo ficar com Glen a confortar sua filha. “Nunca penso que ela é uma mãe terrível. Ela não entende Sally. Ela não é capaz de confortá-la”, explicou. Ele ainda disse ter ficado feliz em ter trazido Glen de volta.

“Adoro que ele e Sally não perderam contato. Isso reforçou a estranha relação que ela tem com a mãe. Com a volta de Glen foi uma forma legal de mostar isso. Também mostra que ela está crescendo, que ele está crescendo e indo para a guerra. Mostra todas as mudanças que aconteceram – eles não são mais aquelas crianças desajeitadas”, analisou.

Em defesa de Joan, que mentiu para Richard ao dizer que não tinha filho, Getzinger disse que ela teve que tomar uma decisão.

“Ela não arquitetou isso. Como se dissesse, ‘estou apenas querendo me divertir. Sei que se disser isso, após tudo o que ele disse, isso irá mudar as coisas’. Adoro quando mais tarde, Richard diz que poderia ser mais do que um flerte. Ele está certo”, disse ele, que aproveitou para elogiar a química dos atores. Ao fim do episódio, Don termina sozinho. “É a vida dele, em seu apartamento vazio e sozinho como jamais havia visto”, comentou o diretor.

|