TOPO

Cinegrafista da Band é atacado por pit bull da PM durante protesto no PR

por Redação / Publicado em quinta-feira, 30 abr 2015 12:46 PM / / 820 views

Um cinegrafista da TV Bandeirantes foi atacado por um pit bull da Polícia Militar durante a cobertura jornalística do protesto de professores em Curitiba na tarde desta quarta-feira (29). O cachorro atingiu a parte interna da coxa de Luiz Carlos de Jesus, encaminhado para um hospital mais próximo.

“Nós estávamos acompanhando na rampa, onde nenhum manifestante tinha acesso. Foi quando um dos parlamentares foi atacado e, quando dei conta, o cachorro estava grudado na minha perna”, relatou o profissional em entrevista ao “Brasil Urgente”. “Não posso afirmar que o policial jogou o cachorro em mim, mas, nós, que trabalhamos em cobertura policial, sabemos que o cachorro só ataca quando há um comando”, completou em seguida.

Segundo o cinegrafista, o médico que o atendeu disse que, se o cachorro tivesse mordido três centímetros acima, o risco de morte teria crescido e muito.

“Quem teve essa ideia de jerico de misturar força policial com força canina? Se pegasse no saco escrotal, ele nunca mais iria se recuperar”, esbravejou José Luiz Datena, que citou ainda o ataque do mesmo cachorro a um parlamentar, porém não identificado.

Servidores estaduais do Paraná realizam protestos em frente à Assembleia Legislativa onde deputados votam o projeto do governo Beto Richa (PSDB) que altera a previdência dos funcionários públicos. Segundo o Sindicato, 20 mil pessoas estão nessa manifestação.

PM e manifestantes entraram em confronto, quando servidores tentaram romper o cerco formado pela Polícia Militar. A corporação reagiu com bombas de gás e balas de borracha. Cerca 170 pessoas se feriram até o momento, algumas “em estado grave”, segundo informações da Band.

|

Comentários no Facebook