Caco Barcellos relembra dia em que tentou salvar vida de criança em Angola

Divulgação/TV GloboCaco Barcellos relembra dia em que tentou salvar vida de criança em Angola

por

Caco Barcellos relembra dia em que tentou salvar vida de criança em Angola

Caco Barcellos relembrou na tarde deste domingo (12) o dia em que “foi obrigado” a tentar salvar a vida de uma criança durante a cobertura jornalística em Angola. O jornalista estava no País para cobrir a Guerra Civil, que já se arrastava há mais de 40 anos. Sem infraestrutura e condições mínimas de atendimento à população, Caco conta que precisou a auxiliar o único pediatra que existia no local.

“Sofri enormemente porque vi e tive oportunidade. Na verdade, não oportunidade, fui obrigado a ajudar o médico pediatra, que era o único em uma área de mais de 800 km, a ajudar a salvar a vida daquelas crianças. Não havia eletricidade no hospital. Tive que ajudar a bombar o oxigênio nas cirurgias”, relatou o repórter, com voz trêmula, em vídeo publicado na página do “Jornal Nacional” no Facebook.

“E teve uma situação que me fez sofrer muito, que foi ajudar o pediatra a salvar a vida de uma criança de três anos. A minha filha tinha três anos. Passamos a madrugada e não conseguimos salvá-la. Um ano depois ainda sofria, chorava”, completou.

A história relatada por Caco Barcellos faz parte da série sobre grandes coberturas jornalísticas da TV Globo em seus 50 anos, e que será compartilhado por profissionais da emissora a partir do dia 20 de abril.

“Sofri enormemente”, lembra Caco Barcellos. #Globo50 Veja mais histórias aqui: http://bit.ly/1CM0OvB

Posted by Jornal Nacional on Domingo, 12 de abril de 2015

Você também vai curtir