TOPO

Bandido que assaltou equipe da Globo é identificado por polícia no Guarujá

por Redação / Publicado em quarta-feira, 29 abr 2015 18:16 PM / / 604 views

O bandido que assaltou a equipe da TV Tribuna, afiliada da Globo na Baixada Santista (SP), foi identificado pela polícia do Guarujá, menos de 24 horas depois do ocorrido, com o apoio das câmeras de segurança da prefeitura. O nome dele é Luan do Nascimento da Silva, de 21 anos. O indivíduo, no entanto, continua foragido.

A equipe foi assaltada durante uma reportagem na prefeitura do Guarujá, na tarde desta terça-feira (28). A repórter Tatyana Jorge fazia uma entrevista ao vivo para o “Jornal da Tribuna”, telejornal local exibido ao meio-dia, quando um homem de bicicleta se aproximou armado, atropelou o cinegrafista, apontou o revólver para a equipe e o entrevistado, e exigiu o celular e a pulseira. Tatyana conversava com Marcos Antônio Chagas, diretor da Vigilância em Saúde, que falaria sobre o aumento nos casos de dengue na Cidade.

Bandido que assaltou equipe da Globo é identificado por polícia no Guarujá

O acusado de assaltar a equipe da TV Tribuna foi identificado pela polícia como Luan do Nascimento da Silva

Bandido que assaltou equipe da Globo é identificado por polícia no Guarujá Em entrevista ao Popzone, Marco Antônio relatou o momento de tensão. “Ele pegou a gente totalmente de surpresa. Antes de entrarmos no ar, a Tayana e eu conversávamos sobre o que ela iria abordar. Aí quando entramos ao vivo, eu vi o ladrão se aproximando, mas achei que era algum munícipe insatisfeito que ia fazer algum comentário, mas logo ele já gritou: ‘passa a pulseira’. Disse para ficar calmo e tentei tirar a pulseira pelo fecho para enrolar e dar tempo da polícia chegar, já que era ao vivo. Mas ele quebrou a pulseira e começou a me ofender e apontou a arma para minha cabeça e da Tatyana. Ele também levou meu celular que tinha acabado de pagar”, lamentou Marcos.

O diretor acredita que o bandido não fazia ideia de que estava ao vivo em uma emissora de TV. Assim que conseguiu pegar os pertences dele e do cinegrafista, que também teve o celular roubado, o ladrão fugiu desesperado sentido ao bairro Cachoeira. “Fica um sentimento de revolta, incapacidade. Não tem o que fazer. O que me deixa espantado é a ousadia desse tipo de meliante. Assaltar durante o dia, com uma câmera ali. A polícia chegou rápido, mas ele já tinha sumido”, afirmou.

A repórter ainda entrou ao vivo no jornal para explicar o que tinha acontecido. “A Tatyana era a mais calma de todos nós. Continuou normalmente. Eu fiquei muito nervoso”, disse.

|

Comentários no Facebook