TOPO

Babilônia – Beatriz e Diogo vão se apaixonar e passarão por um momento difícil

por Redação / Publicado em domingo, 12 abr 2015 14:22 PM / / 652 views

Babilônia

Pires) se aBeatriz (Glória paixona de verdade por Diogo (Thiago Martins) em “Babilônia”
A lista de conquistas de Beatriz (Gloria Pires) desde o início de “Babilônia” é extensa, mas isso vai mudar nos próximos capítulos. A transformação da personagem, que apareceu seduzindo um marceneiro na estreia da novela e já fez sexo com um desconhecido até em um provador de roupas não vai mais ser uma devoradora de homens.

O novo comportamento da ricaça faz parte das mudanças que o folhetim das nove vem sofrendo em sua fase de ajustes, após alcançar baixos índices de audiência em suas primeiras semanas, mas também por conta da própria história, conta o autor Ricardo Linhares.

“Isso coincide com a fase em que ela se apaixona por Diogo (Thiago Martins). Portanto, a diminuição da pegação já aconteceria mesmo”, explica ele, que escreve a novela com Gilberto Braga e João Ximenes Braga.

Segundo ele, isso não significa efetivamente uma mudança no perfil da personagem. “Ela continua sedutora, envolvente, manipuladora. Aliviei o lado pegadora de homens, que era apenas um dos aspectos da sua personalidade. Ela não vira casta. Apenas não vamos mais mostrá-la fazendo sexo casual”, afirma.

Beijos gays também diminuem

O autor considera essa transição apenas um ajuste em “Babilônia”, assim como a redução dos beijos entre Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg), que tanto causaram polêmica entre a parcela mais conservadora do público. Ao contrário do que havia afirmado após a primeira semana da trama no ar, o casal não vai ter tantas demonstrações de afeto daqui por diante.

Segundo Linhares, a única trama que sofreu alteração significativa foi a de Alice (Sophie Charlotte), que não será mais garota de programa. Em vez disso, formará um triângulo amoroso com Murilo (Bruno Gagliasso) e Evandro (Cássio Gabus Mendes).

“A diminuição dos contatos físicos entre Teresa e Estela, e Beatriz tornando-se menos pegadora, são ajustes pouco significativos. O que importa é que não há rejeição a essas personagens. E a história delas não sofrerá mudanças”, garante o autor, respaldado pelo resultado dos primeiros grupos de discussão da novela, ocorridos no dia 1º de abril.

|