TOPO

Ator de “Game of Thrones” diz que não queria endossar estupro em cena marcante da série

por Redação / Publicado em quinta-feira, 09 abr 2015 13:35 PM / / 655 views
  • Reprodução/Getty Images

    Ator de "Game of Thrones" diz que cena não era para "trivializar o estupro”

    O dinamarquês Nikolaj Coster-Waldau, o Jaime Lannister de “Game of Thrones”

Nikolaj Coster-Waldau adora falar sobre Jaime Lannister, seu personagem em “Game of Thrones” –”um personagem a quem sou muito grato, porque expandiu minha carreira de um modo como eu nunca poderia prever”. Mas um momento na saga de Jaime por Westeros imediatamente provoca um longo silêncio: a cena do encontro entre Jaime e Cersei (Lena Headey) no velório de Joffrey, na temporada passada.

Reprodução

Ator de "Game of Thrones" diz que cena não era para "trivializar o estupro”

Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) e Cersei (Lena Headey) fazem sexo no velório do filho, dentro de um santuário, na quarta temporada de “Game of Thrones”

Ator de "Game of Thrones" diz que cena não era para "trivializar o estupro” Sexualmente intensa e carregada de uma mistura de dor, frustração e raiva que se traduz em violênica, a cena provocou enorme controvérsia, e foi vista como um endosso do estupro como entretenimento. “Eu prefiro não falar muito sobre esse assunto…”, Nikolaj diz. “Porque eu sei como isso toca profundamente as pessoas. Digo apenas isto: trivializar o estupro não foi de modo algum nossa intenção, na série. Foi um momento desesperado entre dois personagens com uma história comum extremamente complicada. Cada pessoa vê esse momento de um modo diferente.”

Na quinta temporada da série campeã da HBO, que estreia dia 12, Jaime Lannister está, na definição de Nikolaj, “tentando achar seu caminho em King’s Landing, aprendendo que nem sempre as boas intenções são o bastante. No final da quarta temporada ele estava coberto de boas intenções, queria corrigir vários erros do passado, salvar seu irmão, mas agora estão todos de luto, todos estão extremamente vulneráveis.”

Ao contrário de alguns de seus colegas de elenco, Nikolaj leu os livros de George R. R. Martin que inspiraram a série – “isso me ajudou a compreender quem Jaime é, qual sua motivação. Ele é impulsionado pelo desejo de proteger sua família. Isso é o mais importante para ele.” Mas está achando “eletrizante” trabalhar com roteiros fora dos livros. “É o que acontece nesta temporada – e todos nós estamos super empolgados em trabalhar com uma visão que está baseada nos livros, mas vai além, por necessidade.” (Nesta temporada a série alcançou a trama exposta no último livro publicado, “A Dança dos Dragões”, e está operando com elementos que vão além do texto criado por Martin).

Coster-Waldau já era um ator estabelecido em seu país natal, a Dinamarca onde, nas palavras dele, “ninguém liga para quem é famoso ou não famoso”. A popularidade de “Game of Thrones” criou um “mundo novo” que inclui oportunidades mas também “pessoas me parando na rua, em outros países, para tomar satisfações dos atos de Jaime.” Ele leva tudo na esportiva. “Continuo morando na Dinamarca e dedicando meu tempo livre à minha mulher e minhas filhas. Nada mudou para mim. Vivo como sempre vivi.”

|