TOPO

Advogados nos amam, diz criador de “Better Call Saul” após pixo em Curitiba

por Redação / Publicado em quinta-feira, 09 abr 2015 19:02 PM / / 1044 views

Advogados nos amam, diz criador de "Better Call Saul" após pixo em Curitiba

Pichação em muro de Curitiba faz alusão à série “Better Call Saul”

Peter Gould, um dos criadores da série “Better Call Saul”, derivada de “Breaking Bad”, agradeceu o apoio dos fãs da série e riu muito ao saber da pixação que foi feita em um muro na cidade de Curitiba, abaixo do anúncio de um advogado.

“Que maravilhoso! Os advogados nos amam”, disse Gould, logo após agradecer o apoio de todos os fãs do mundo que tiram fotos ao lado de cartazes de divugação da série. As declarações foram dada durante uma entrevista coletiva por telefone com jornalistas da América Latina.

O último episódio da primeira temporada da série foi liberado na Netflix na última terça (7), mas não mostra James McGill em ação como o cultuado personagem de “Breaking Bad” Saul Goodman. Questionado pela reportagem do Popzone se não foi arriscado demais manter seu personagem principal uma temporada inteira tentando ser um bom advogado enquanto o público esperava ver um canalha, Gould respondeu de que o programa era “um risco em vários níveis”.

“Nós tínhamos um personagem que não era uma pessoa decente e que tinha grande prazer em violar a lei e em fazer coisas ruins. E agora nós estamos vendo que ele está tentando ser um cara correto. E tínhamos essa grande preocupação de que o público não gostasse da série porque ele ainda não é Saul Goodman. E sabíamos que teria gente que ama ‘Breaking Bad’ que não gostaria de ‘Better Call Saul’ porque são séries diferentes. Francamente eu estou agradecido de saber que tem público suficiente gostando da série a ponto de termos uma segunda temporada. Mas a verdade é que fizemos “Breaking Bad” e aquela história já foi contada. E agora estamos fazendo outra história. Então, é inútil procurar ‘Breaking Bad’ em ‘Better Call Saul’.”

Gould disse ainda que quando Saul foi criado, seu objetivo também era ser um personagem feliz com o que fazia em meio a todos aqueles personagens “torturados”, mas que “um personagem feliz consigo mesmo não gera drama”.
Sobre Mike, personagem interpretado por Joanathan Banks, que também conversou com o Popzone recentemente, disse que a pergunta por trás dele que deve ser respondida é: “Como esse cara que tem um forte senso de justiça e de honra está trabalhando para uns dos maiores traficantes de drogas do mundo?”
|