TOPO

“Vi as coisas e deixei acontecer”, revela ex-goleiro Bruno ao Gugu

por Redação / Publicado em quarta-feira, 18 mar 2015 17:49 PM / / 398 views

ER7_RE_FB_CHA_GUGU_OK_570kbps_2015-03-18ca2ae7b5-48fd-4956-8d0c-28c8c9b236a4-thumb

Após entrevista com Suzane Von Richtofen, o apresentador Gugu exibe nesta quarta (18), um bate-papo exclusivo com o ex-goleiro Bruno dentro da prisão.

Ex-funcionário do Flamengo, Bruno foi condenado por 22 anos e 3 meses de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver da ex-amante Eliza Samudio. Gugu ficou por três horas frente a frente com Bruno, que afirmou ter sido negligente.

“Fui omisso durante o suposto crime. Eu vi as coisas acontecerem e simplesmente deixei acontecer. Nada do que eu disser vai trazer a Elisa de volta. Mas se eu soubesse onde está o corpo, indicaria”.

Bruno ainda revelou o desejo de pedir a guarda do filho Bruninho, fruto do relacionamento com Eliza, e ainda, criticou a avó materna Sônia — responsável por criar o garoto. “Eu vou brigar por ele (o filho), pela guarda dele, eu vou trazer ele pro meu lado. Poderia sim pedir perdão para Dona Sônia (mãe de Elisa), se ela tivesse sido mãe de verdade”, afirmou. Em 2014, a defesa do ex-goleiro cogitou a possibilidade dele não ser pai da criança. A ideia era mostrar que Eliza estava extorquindo o amante.

Sobre os comparsas de crime, Bruno se mostrou ressentido. “O Bola nunca foi meu amigo. Sobre o Macarrão, o sentimento é de frustração”.
Gugu também conversou com a mulher de Bruno, Ingrid Calheiros, que fez um pedido ao apresentador.

|