Robin Thicke e Pharrell são condenados por plágio

por

Juiz entendeu que “Blurred Lines” se parece demais com “Got To Give It Up” de Marvin Gaye

Robin Thicke
Pharrell e Robin Thicke

Um juiz americano entendeu que Robin Thicke e Pharrell plagiaram “Got to Give It Up” de Marvin Gaye na criação do hit “Blurred Lines“. Os dois foram condenados a pagar mais de R$21 milhões para os filhos de Gaye – o astro da soul music morto em 1983, assassinado pelo próprio pai.

Para o advogado da dupla, a decisão do juiz abre um precedente perigoso que segundo ele “poderá impedir o avanço da música e da criatividade artística” nos anos futuros. Ele disse que irá recorrer da decisão.

Os filhos de Gaye, por sua vez, enxergam o caso de maneira diferente. Nona Gaye declarou que agora ela se sente livre “das amarras de Robin Thicke e Pharrell… e das mentiras contadas por eles.”

Os filhos do cantor agora querem que as vendas e execuções da música lançada em 2013 – um dos maiores hits dos últimos tempos – sejam suspensas, até que um acordo sobre os direitos autorais seja feito entre ambas as partes.

Em sua defesa, Pharrell, que segundo Thicke,, efetivamente escreveu a faixa, disse que estava tentando canalizar o espírito da soul music dos anos 70, mas que em nenhum momento ele estava com “Got to Give It Up” em mente durante sua composição.

Pharrell Williams em breve se apresentará no Brasil. O astro será um dos headliners do segundo dia do Lollapalooza 2015 que acontece dias 28 e 29 de março em São Paulo no Autódromo de Interlagos.

Esse vídeo compara as duas músicas. Ouça e diga nos comentários se você acha que houve plágio ou não

Você também vai curtir