TOPO

Mariana Weickert ajudará cabeleireiros em “S.O.S Salvem o Salão”

por Redação / Publicado em segunda-feira, 23 mar 2015 13:45 PM / / 490 views
  • Divulgação/ GNT

    "S.O.S Salvem o Salão" coloca Mariana Weickert para ajudar cabeleireiros

Mariana Weickert e o cabeleireiro Ricardo dos Anjos estarão mais uma vez juntos, em novo programa do GNT. Em “S.O.S Salvem o Salão”, que estreia nesta segunda (23) às 21h30, a dupla vai mostrar os bastidores do universo da beleza. Weickert e Ricardo visitarão salões à beira da falência e vão dar uma mãozinha para que os estabelecimentos consigam se reerguer.

“O programa vai além da restauração física em si. Vimos muitos atritos de funcionários e problemas de administração. Muitas vezes, o cabeleireiro só por fazer um bom cabelo acredita que pode gerenciar um negócio e uma coisa não tem nada a ver com a outra. É preciso aprender a gerir um business”, conta Weickert, que está comemorando 10 anos de carreira na televisão.

No programa, os apresentadores assumem papeis de mentores e, após uma avaliação geral do estabelecimento, promovem mudanças como treinamentos de funcionários e cursos de finanças.

No primeiro episódio da atração, eles conhecem Regina, dona de um salão na Zona Sul de São Paulo e seu braço direito, Cida. Problemas com entulhos, arrumação, falta de informações sobre os serviços e uma boa divulgação fazem parte de uma série de detalhes que são levados em consideração pelos apresentadores. Regina e Cida terão que mudar os hábitos e fazer o dever de casa.

O formato lembra o programa “Tabatha Takes Over”, com a cabeleireira australiana Tabatha Coffey. O programa chegou a ser exibido no Brasil pelo canal E!. Mas, ao contrário da apresentadora estrangeira, a dupla brasileira não vai pegar tão pesado com os proprietários.

“Soube da Tabatha depois que comecei a falar do projeto pras pessoas. Não assisti, mas pelo o que me contaram é completamente diferente. Ela pega a chave do salão e dita algumas regras. O “S.O.S” não tem essa pegada, é muito mais generoso. Às vezes, precisei ser linha dura sim, dar um chacoalhão nas pessoas, mas isso faz parte da brincadeira”, conta Mariana.

|

Comentários no Facebook