TOPO

Emma Watson fala sobre ameaças após discurso feminista na ONU

por Redação / Publicado em segunda-feira, 09 mar 2015 12:48 PM / / 448 views
  • EFE

    Emma Watson fala sobre ameaças após discurso feminista na ONU

    Emma Watson na campanha "HeForShe", em Nova York, em setembro de 2014

Emma Watson aproveitou o Dia Internacional da Mulher, comemorado no último domingo (8), para responder a uma série de perguntas relacionadas a data em seu Facebook. E ela comentou pela primeira vez sobre o fato de ter sido ameaçada com a divulgação de suas fotos íntimas no ano passado.

“Eu sabia que era um hoax. Sabia que as fotos não existiam”, afirmou a atriz. “Muitas pessoas próximas a mim sabiam que igualdade de gêneros era um problema, mas nunca pensaram que era urgente, ou achavam que ‘vivemos na Grã Breatanha, isso é coisa do passado’. E então eles viram que no minuto em que eu me impus e falei sobre diretos das mulheres, eu fui ameaçada imediatamente – em menos de 12 horas eu estava recebendo ameaças. Acho que eles ficaram realmente chocados, e um dos meus irmãos ficou muito chateado”.

A atriz continuou: “Acho que foi uma chamada ‘Oh, isso é uma coisa real, está acontecendo mesmo. Agora’. As mulheres estão recebendo ameaças de todas formas diferentes. Aquela foi apenas uma específica. Me fez muito mais determinada, Eu fiquei apenas furiosa. Me deixou com tanta raiava que eu pensei ‘é por isso que tenho que fazer isso’. Então na verdade, se eles estavam tentando me calar, eles conseguiram o oposto”.

A ameaça  das fotos veio após Emma ter feito um discurso sobre igualdade de gêneros na ONU, por conta da campanha #HeForShe. Um site entitulado Emma, You’re Next (Emma, você é a próxima, em português) chegou a entrar no ar, mas depois foi revelado que tudo não passou de uma campanha viral

Cavalheirismo

Emma ainda contou que levou um homem para jantar recentemente e pagou a conta, oq eu foi “desconfortável”. “Ele dizia ‘não tenho certeza disso’. Eu o deixei um pouco irritado. Mas o legal foi que nós dois estávamos dispostos a ter uma conversa sobre porque foi estranho e porque foi desconfortável. Nós conseguimos ter o diálogo ‘tudo bem, eu escolhi o restaurante, já que é o meu preferido, e adoraria pagar. Mas da próxima vez você escolhe o restaurante e paga'”.

A atriz também falou sobre a importância do apoio de sua mãe durante sua adolescência. “Ela era uma mãe solteira que trabalhava e também uma diabética tipo 1. Então ver a força e a resiliência dela enquanto eu crescia foi realmente inspirador”.

|

Comentários no Facebook