TOPO

Após xingar povo vietnamita, José de Abreu apaga tweets e se desculpa

por Redação / Publicado em quinta-feira, 12 mar 2015 17:18 PM / / 457 views
  • Reprodução/Twitter/zehdeabreu

    Após xingar povo vietnamita, José de Abreu apaga tweets e se desculpa

Depois de destilar xingamentos ao povo vietnamita, José de Abreu voltou atrás já na madrugada desta quinta-feira (12), apagou as ofensas e pediu desculpas pelas "bobagens" publicadas em seu perfil no Twitter. O ator disse ainda que, quando chegar ao Brasil, irá à Embaixada do Vietnã pedir desculpas pessoalmente.

Em viagem a turismo pelo Vietnã, José de Abreu afirmou ter sido vítima de assalto pela terceira vez no país. Revoltado, o ator fez um desabafo em seu perfil no Twitter e classificou o povo vietnamita como "o mais filho da puta" que já conheceu em sua vida. Ele aconselhou os seus seguidores a não visitar o país, e comparou o Vietnã a uma espécie de "São Paulo asiática".

Devido à polêmica e a consequente repercussão, o nome de José de Abreu chegou a um dos assuntos mais comentados na rede social. Em resposta, alguns internautas o ironizaram, e aconselharam o ator a visitar Cuba, em alusão à sua preferência política.

Mais uma vez peço desculpas pelas bobagens que postei ontem. Claro que o tal Vinho de arroz colaborou, mas a responsabilidade é toda minha.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

A decepção que tive ao ver que minha idealização do pais nao corresponde à realidade me deixou muito triste.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

Mas isso nao era motivo para tanta baixaria. Ja enviei email para a Embaixada me desculpando.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

Mas isso nao era motivo para tanta baixaria. Ja enviei email para a Embaixada me desculpando.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

Nada justifica minha atitude. Quando voltar ao Brasil irei pessoalmente me desculpar na Embaixada.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

Nada justifica minha atitude. Quando voltar ao Brasil irei pessoalmente me desculpar na Embaixada.

— Jose de Abreu (@zehdeabreu) marzo 12, 2015

 

|

Comentários no Facebook