TOPO

Do faroeste à ficção científica, Leonard Nimoy teve uma carreira variada

por Christian Simon / Publicado em sexta-feira, 27 fev 2015 21:10 PM / / 404 views

images

Leonard Nimoy, que morreu nesta sexta-feira aos 83 anos, será lembrado principalmente por sua interpretação como sr. Spock na série e filmes de cinema “Star Trek” (Jornada nas Estrelas).

Mas seu talento como ator e diretor o envolveram em diversas produções nas pequenas e grandes telas, em uma carreira que começou no início de da década de 1950.

Em suas duas primeiras décadas como ator profissional, ele interpretou papéis em uma série de programas de TV clássicos incluindo “Dragnet”, “Perry Mason” e “O agente da U.N.C.L.E.”.

Entre 1969 e 1971, ele apareceu em 49 episódios do drama de espionagem “Missão: Impossível”, interpretando um mágico chamado Paris.

Muitos dos papéis de Nimoy em programas de TV eram em westerns como “O Homem de Virgínia” e “Caravana” – mas aparições em séries de ficção científica como “Além da Imaginação” e “A Quinta Dimensão” garantiram seu lugar e o sucesso na nave estelar Enterprise.

Como Spock, Nimoy apareceu nos 79 episódios da série original, que durou de 1966 a 1969.

Ele então retomou o papel nos seis longa-metragens para cinema e na nova versão da franquia dirigida por JJ Abrams.

Nos anos 1970, emprestou sua voz à série animada inspirada em “Star Trek”. Em 1991, Spock também participou em dois episódios da série derivada da original, “Jornada nas Estrelas A Nova Geração”.

Recentemente, de 2009 a 2012, Nimoy, participou de 11 episódios da série de ficção científica “Fringe”, também produzida por J.J.Abrams.

Na cadeira de diretor, Nimoy dirigiu “Jornada nas Estrelas II: À procura de Spock” (1984) e “Jornada nas Estrelas IV: A volta para casa” (1986).

Em 1987, dirigiu Tom Selleck no remake de Hollywood da comédia francesa “Três solteirões e um bebê”, um grande sucesso do cinema.

Nimoy dirigiu ainda “Coisas engraçadas do amor”, com Gene Wilder, e depois fazendo cócegas novamente como diretor em “Funny About Love” estrelado por Gene Wider, e “Santo matrimônio”, com Patricia Arquette.

Nimoy também levou sua inequívoca voz para diversos documentários, como a série de ficção científica “Invasion America” e vários episódios de “Os Simpsons”.

Além de atuar e dirigir, escreveu livros sobre sua personagem Spock, poesia e se dedicou nos últimos anos de sua vida à fotografia.

|