"CSI" quer bater recorde mundial de transmissão simultânea de série de TV

Los Angeles (EUA.), 26 fev (EFE).- A emissora americana "CBS" pretende entrar no Guinness Book, o Livro dos Recordes, na categoria de maior transmissão simultânea de uma série de televisão no próximo dia 4 de março, com a exibição de um episódio de "CSI: Crime Scene Investigation" em mais de 150 países ao mesmo tempo.

por

Los Angeles (EUA.), 26 fev (EFE).- A emissora americana "CBS" pretende entrar no Guinness Book, o Livro dos Recordes, na categoria de maior transmissão simultânea de uma série de televisão no próximo dia 4 de março, com a exibição de um episódio de "CSI: Crime Scene Investigation" em mais de 150 países ao mesmo tempo.

Segundo informou nesta quinta-feira a emissora em comunicado, a iniciativa servirá para comemorar os 15 anos da franquia de investigadores legistas e promover a estreia de "CSI: Cyber", novo capítulo da série focado na resolução de crimes cibernéticos.

A "CBS" escolheu o dia 4 de março como o "Dia Mundial do CSI" e quer superar o recorde de transmissão simultânea de uma série dramática estabelecido por "Doctor Who" em novembro de 2013, na celebração dos 50 anos do programa britânico. Na ocasião, a "BBC" exibiu um dos episódios do famoso seriado de ficção científica para 98 países ao mesmo tempo.

A emissora americana passará o episódio "Kitty", de "CSI: Crime Scene Investigation", visto pela primeira vez nos Estados Unidos em 30 de abril de 2014, para servir de prólogo para "CSI: Cyber", série que estreia oficialmente nesse mesmo dia.

"Quando estreamos 'CSI' eu não tinha ideia que se transformaria na sensacional franquia global que é hoje. 'CSI' tomou Las Vegas, Miami e Nova York. Agora com 'CSI: Cyber', nós mergulhamos no vasto mundo do crime eletrônico", disse o criador da série, Anthony Zuiker.

"CSI: Crime Scene Investigation" completou recentemente a 15ª temporada com um elenco liderado por Ted Danson, Elisabeth Shue, Jorja Fox. William Petersen, o ator que deu vida a Gil Grissom, personagem responsável por popularizar a série, segue como produtor executivo.

"CSI: Cyber" contará a vida da psicóloga especialista em criminologia virtual Mary Aiken e será protagonizada por Patricia Arquette, que venceu o Oscar de atriz coadjuvante neste ano pela atuação em "Boyhood: Da Infância à Juventude". EFE

Você também vai curtir