Barbie Humana queima o filme

por

A ucraniana Valeria Lukyanova, conhecida como Barbie Humana, perdeu uma ótima chance de ficar calada. Em recente entrevista para a revista masculina GQ, a moça de 28 anos declarou que a mistura de raças causa a degenaração da beleza. Disparou também que ama sua pele branca e que a ideia ter filhos a deixa enjoada. E que prefere morrer torturada porque a pior coisa do mundo para ela é ter o estilo de vida em uma família. Como dizia a divertida Copelia (Arlete Salles) em Toma Lá Dá Cá, PREFIRO NÃO COMENTAR!

Para saber em tempo real as atualizações do blog basta seguir @AndreSank no Twitter