TOPO

A noite em que fui um Dzi Croquette

por André Sank / Publicado em segunda-feira, 29 abr 2013 16:30 PM / / 300 views

Ontem fui, com duas amigas, ver a despedida dos Dzi Croquettes no Teatro Clara Nunes, no Shopping da Gávea, Rio. Foi a terceira vez que fui ao espetáculo. Ao entrar no teatro escolhi um trio de cadeiras na terceira fila, com boa visão do palco porém com um pouco de distância. Acabei me sentando na ponta, meio por acaso. O espetáculo é riquíssimo visualmente, cheio de ação. Os atores/bailarinos/cantores mudam de figurino o tempo todo e têm como base um tapa-sexo preto que só cobre mesmo o sexo. Pois lá pelo meio do show, num momento em que é passado o pandeiro pedindo contribuições do público (pandeiro mesmo, instrumento musical) sou abordado por um dos integrantes que me puxa, com a ajuda de outro, de repente pro palco. Quando me dei conta já estava de sutiã de cone, daqueles parecidos com que a Madonna usou nos anos 90, chapéu de Carmen Miranda e sambando ao lado dos meninos. Hahahaha foram uns dois divertidíssimos minutos. Ah me passaram batom também. Hilário! Após gostosos momentos no palco sou levado ao camarim, onde foram tiradas rapidamente as alegorias e volto a plateia com um lenço para tirar a maquiagem. Momentos leves pra guardar desse delicioso espetáculo, que após uma bem sucedida temporada carioca agora quer excursionar pelo Brasil, a bordo de um ônibus no melhor estilo Priscilla, a Rainha do Deserto. Tomara que os patrocinadores apareçam logo. O Brasil precisa se divertir com os Dzi Croquettes!

Para saber em tempo real as atualizações do blog basta seguir @AndreSank no Twitter


|

Comentários no Facebook